A Galeria dos Corações Partidos The Broken Hearts Gallery crítica do filme 2021 HBO Max Amazon Prime Video

Foto: Divulgação

‘A Galeria dos Corações Partidos’ é preciso no que se propõe

Bruno Oliveira

|

24 de junho de 2022

O filme A Galeria dos Corações Partidos (The Broken Hearts Gallery) é uma comédia romântica produzida pela Sony Pictures que acabou de aportar no Amazon Prime Video. Ele saiu nos cinemas em alguns mercados internacionais, mas, no Brasil, a estratégia para o seu lançamento foi diferente. Primeiramente estreou na HBO Max em setembro de 2021 e, logo depois, chegou as plataformas de venda e aluguel online. Agora também os assinantes do Prime Video poderão acompanhar essa obra no conforto do lar.

Na trama acompanhamos Lucy (Geraldine Viswanathan), uma jovem que trabalha com artes e que é uma colecionadora nata. Principalmente quando falamos de objetos deixados pelos seus ex-namorados. Após estar sofrendo por mais um término de namoro, ela conhece Nick (Dacre Montgomery), um rapaz que a ajuda nesse fatídico dia e que tem um sonho de abrir um hotel. Com isso, ela teve uma ideia: criar uma galeria de arte somente com objetos deixados para a lembrança de seus antigos cônjuges.

Leia também:

Suspense ‘Veja Por Mim’ é sonolento e esquecível

‘Black Snake’, a verdade dita de forma cômica

‘Crush: Amor Colorido’ não foge do comum, mas diverte

Fofurices e clichês

A Galeria dos Corações Partidos é mais uma obra com todos os pontos que fazem o gênero ser tão querido entre as pessoas e por estar me transformando em um verdadeiro “expert” do estilo. Ele pega uma situação em que provavelmente todo humano adulto já passou em algum momento da vida e mostra a comédia que isso é na verdade.

Quando estamos sofrendo por amor, dificilmente enxergamos o que é verdadeiramente o melhor para nós. Quando somos “terminados” sempre ficamos nos perguntando porque um lado está muito bem com a situação e o porque o outro está tão mal. Isso sempre soa irracional quando quem manda é o coração. Esse sentimento é normal e infelizmente temos que passar por isso até notarmos o real sentido de tudo isso. Quando esse sentimento passa, voltamos a nos sentir mais vivos e pronto para qualquer aventura futura.

O longa aborda essas questões, assim como o processo que nossa protagonista passa para se sentir bem de novo. A criação da galeria faz bem à personagem e ainda por cima ajuda outras pessoas que estão passando pela mesma situação. Quando menos percebe, ela não sabe nem o por que de ter estado tão mal por uma pessoa que não a valorizava da forma correta. Junta tudo isso com aqueles clichês tradicionais e temos uma grande fartura de fofurices com um final feliz apropriado que irá agradar a todos.

Conclusão

A Galeria dos Corações Partidos é muito preciso no que se propõe. A história é bem contada e passa por todos os momentos esperados de uma obra do estilo. Deve agradar a todos que gostam do gênero, além de que, provavelmente, vai rolar uma identificação por algumas situações passadas. É nesse ponto que a comédia surge de forma natural e que nos faz rir com o cantinho da boca. Eu mesmo me identifiquei bastante e senti as dores dos momentos de sofrimento amoroso.

Onde assistir ao filme A Galeria dos Corações Partidos?

A saber, A Galeria dos Corações Partidos já pode ser assistido por todos os assinantes da Amazon Prime Video e também da HBO Max.

Aliás, vai comprar algo na Amazon? Então apoie o ULTRAVERSO comprando pelo nosso link: https://amzn.to/3mj4gJa.

Por fim, não deixe também de acompanhar o UltraCast, o podcast do Ultraverso:

https://app.orelo.cc/uA26
https://spoti.fi/3t8giu7

Trailer do filme A Galeria dos Corações Partidos

A Galeria dos Corações Partidos: elenco do filme

Geraldine Viswanathan
Dacre Montgomery
Utkarsh Ambudkar
Molly Gordon
Phillipa Soo
Nathan Dales

Ficha Técnica do filme A Galeria dos Corações Partidos

Título original do filme: The Broken Hearts Gallery
Direção: Natalie Krinsky
Roteiro: Natalie Krinsky
Duração: 109 minutos
País: Estados Unidos e Canadá
Gênero: comédia romântica
Ano: 2020
Classificação: 14 anos

Bruno Oliveira

3

Créditos Galáticos: 3

Livros e Quadrinhos ‘Operação Obscura’ ‘Coração Marcado’ ‘Lua de Mel com a Minha Mãe’ ‘Bubble’ ‘Rumspringa’ SEC AWARDS 2022 A Megera Domada – Crítica do Filme