A Médium crítica do filme 2022 onde assistir elenco data de estreia lançamento

Foto: Paris Filmes / Divulgação

‘A Médium’ engana mais do que assusta

Cadu Costa

|

19 de maio de 2022

Os filmes asiáticos de terror chamaram bastante atenção no final dos anos 90 e começo dos 2000, inspirados talvez em clássicos como The Ring – O Chamado (1998). Em 2004, os tailandeses Banjong Pisanthanakun e Parkpoom Wongpoom conquistaram o público com Espíritos: A Morte Está ao seu Lado, que possui um dos finais mais arrepiantes do cinema de terror moderno.

Sendo assim, Pisanthanakun está de volta com A Médium (The Medium), um conto de possessão demoníaca ambientado em uma região rural da Tailândia. O co-roteirista e produtor é o sul-coreano Na Hong-jin, responsável pelo superestimado O Lamento (2016) e o resultado é mais uma decepção. O tema xamanismo é de novo um assunto interessante, mas aliado à batida trama de espíritos malignos possuindo pessoas, soa nada mais que um O Exorcista tailandês e sem carisma.

Leia também:

‘Avatar: O Caminho da Água’ – Trailer e novo Pôster

‘Toscana’ é um romance pés no chão

“Vibra Open Air” – Maior cinema a céu aberto está em SP

Sinopse de A Médium

A Médium é filmado em found footage (um erro) e acompanha a história de Nim (Sawanee Utoomma), uma xamã que deve ir ao funeral do marido de sua irmã Noi (Sirani Yankittikan). As duas não se dão muito bem e Noi possui uma filha adolescente, Mink (Narilya Gulmongkolpech) que Nim acredita estar possuída vide seu comportamento estranho.

A princípio, a tia de Mink pensa ser a manifestação de Bayan, um deus ancestral que está na família há diversas gerações. Mas logo, devido a uma série de erros rituais, as coisas começam a piorar e enquanto Nim luta com sua fé em Bayan e seu conhecimento, o poder de Mink parece aumentar. Em meio a tudo isso, os documentaristas estão cada vez mais presos em um turbilhão de loucura da qual podem nunca sair vivos.

Com essa premissa, A Médium, na verdade parece nunca funcionar e os sustos enganam mais do que deveriam. O uso de música densa, iluminação escura e cenários sombrios, faz o filme ficar mais perto do sono do que do medo.

Mockumentary

O formato de ‘mockumentary’ misturado com as imagens de visão noturna que a saga interminável de Atividade Paranormal tanto explorou transformam A Médium num tedioso filme de terror.

Além disso, há cenas estúpidas demais como Mink totalmente possuída vagando pela casa enquanto todos dormem tranquilamente. Ora, faça-me o favor! Quem dormiria o sono dos justos sabendo que tem uma parente com a alma tomada pelo capiroto andando solta pela sua humilde residência?

Seu tempo de execução de 130 minutos é outro problema. Um filme de terror com mais de duas horas só se justifica se tiver história pra contar. Mas não é o caso aqui. Em vez disso, A Médium parece um amontoado de cenas que arrasta a história e diminui a tensão do ato final. Que é bem idiota também, diga-se de passagem.

Por fim, A Médium poderia ter entregue uma narrativa original, mas ao tentar copiar os piores clichês de filmes de terror modernos, perdeu a chance de ser tornar único.

Onde assistir ao filme A Médium?

A saber, A Médium estreia nesta quinta-feira, 19 de maio de 2022, exclusivamente nos cinemas. Aliás, vai comprar algo na Amazon? Então apoie o ULTRAVERSO comprando pelo nosso link: https://amzn.to/3mj4gJa.

Por fim, não deixe de acompanhar o UltraCast, o podcast do Ultraverso:

https://app.orelo.cc/uA26

https://spoti.fi/3t8giu7

Trailer do filme A Médium

A Médium: elenco do filme

Narilya Gulmongkolpech
Sawanee Utoomma
Sirani Yankittikan

Ficha técnica

Título original do filme: The Medium
Direção:
Banjong Pisanthanakun
Roteiro: Chantavit Dhanasevi, Na Hong-jin, Banjong Pisanthanakun, Siwawut Sewatanon
País: Tailândia e Coreia do Sul
Gênero: terror
Ano: 2022
Duração: 130 minutos
Classificação: a definir

Cadu Costa

Cadu Costa era um camisa 10 campeão do Vasco da Gama nos anos 80 até ser picado por uma aranha radioativa e assumir o manto do Homem-Aranha. Pra manter sua identidade secreta, resolveu ser um astro do rock e rodar o mundo. Hoje prefere ser somente um jornalista bêbado amante de animais que ouve Paulinho da Viola e chora pelos amores vividos. Até porque está ficando velho e esse mundo nem merece mais ser salvo.
2
Enganoso

Créditos Galáticos: 2

Livros e Quadrinhos ‘Operação Obscura’ ‘Coração Marcado’ ‘Lua de Mel com a Minha Mãe’ ‘Bubble’ ‘Rumspringa’ SEC AWARDS 2022 A Megera Domada – Crítica do Filme