Ícone do site Ultraverso

‘A Origem do Mundo’ e o humor do absurdo

A Origem do Mundo crítica do filme Netflix onde assistir

Muitos aqui devem conhecer o conto de Édipo Rei, onde uma criança que, pela profecia, estava destinada a matar o próprio pai e por isso foi abandonado no deserto. Contudo, posteriormente ele cresce e acaba se casando com a própria mãe sem saber disso.

É desse conto que Freud se inspira para falar sobre o Complexo de Édipo. Tendo essa veia literária, o novo filme francês da Netflix A Origem do Mundo (L’origine du Monde) traz um humor que se afoga no absurdo e no surrealismo.

O longa é a primeira produção Laurent Lafitte, que, além de dirigir e assinar o roteiro, atua como Jean-Louis. Um homem de 40 anos que seu coração para de vez e vai precisar da ajuda do seu amigo Michel para resolver. Todavia, para resolver tudo, ele deve fazer uma pedido edipiano à sua mãe ou morrerá em três dias.

Início do Surrealismo

A Origem do Mundo é um filme de comédia. Mas é aquele tipo de humor que você se questiona: “Por que eu estou rindo? É um absurdo isso”. Mas é exatamente essa a proposta da obra. A princípio, o diretor deixa sua marca registrada com cenas e diálogos um tanto quanto longos e estranhos.

Nos minutos iniciais temos um diálogo sobre ‘uma vida real e falsa ao mesmo tempo’, quase como um Matrix. A partir daí é só ladeira abaixo. Ao descobrir que ele está com o coração parado, sua mulher o leva a uma coach holística que encontra uma solução para que o órgão volte ao normal. Mas não entraremos nesse mérito para não tirar o impacto.

Vale a pena assistir?

Primeiramente, você deve ter em mente que deve suportar absurdos que normalmente não estariam em filmes convencionais. No entanto, a película tem um desenvolvimento muito fluido e nós nem mesmo fazemos esforços para gostar do protagonista, tão boa é sua atuação e carismático que ele é.

Lafitte consegue dirigir A Origem do Mundo com um êxito sublime, alcançando nos detalhes o que ele quer. Principalmente nas simulações de cenas que são desconfortáveis, como diálogos travados e aquele silêncio que é perturbador. E ainda por cima, o sotaque corrido francês deixa ainda tudo melhor.

Por fim, com muito absurdo, nudez e reviravolta em cada cena, A Origem do Mundo vale a pena e uma conferida muito atenta.

Onde assistir ao filme A Origem do Mundo

A saber, o filme A Origem do Mundo está disponível de forma exclusiva para assinantes da Netflix. Aliás, vai comprar algo na Amazon? Então apoie o ULTRAVERSO comprando pelo nosso link: https://amzn.to/3mj4gJa

Trailer do filme A Origem do Mundo, da Netflix

A Origem do Mundo: elenco do filme (Netflix)

Laurent Lafitte
Karin Viard
Hélène Vincent

Ficha técnica

Título original:  L’origine du Monde
Direção: Laurent Lafitte
Roteiro: Sébastien Thiery
País: França
Gênero: comédia
Ano de produção: 2021
Duração: 98 minutos
Classificação: 14 anos

9.0
OVERALL SCORE
Créditos Galáticos: 9
Have no any user vote
Absurdos do bem
Sair da versão mobile