contos do amanhã crítica do filme brasileiro onde assistir elenco estreia CDA - cartaz - créd Bactéria Filmes

‘Contos do Amanhã’ é, acima de tudo, um ato de coragem

Wilson Spiler

|

2 de dezembro de 2021

Ficção científica é um gênero pouco comum na cinematografia brasileira. Principalmente por conta do orçamento, que, em sua maioria da vezes, é baixo. Isso, claro, impede a inserção de efeitos visuais, o que, consequentemente, faz com que as produtoras passem longe desse tipo de obra.

Escrito e dirigido por Pedro de Lima Marques, o filme Contos do Amanhã, que estreia nos cinemas em 9 de dezembro, é, antes de qualquer coisa, um ato de coragem. Afinal, como dito anteriormente, produzir uma ficção científica com pouco dinheiro é algo extremamente difícil.

Essa atitude corajosa só aumenta quando a data de lançamento coincide com a semana do Dia da Ficção Científica Brasileira, comemorado em 11 de dezembro. Além disso, busca homenagear o nascimento do escritor Jeronymo Monteiro (1908-1970), considerado o pai da ficção científica nacional.

A história

O filme Contos do Amanhã se passa em dois períodos diferentes. Em 2165, o sequestro de Michele Medeiros (Daiane Oliveira) coloca a cidade-estado Porto 01, o último reduto humano, em guerra. Jeferson (Bruno Barcelos), um adolescente que vive em 1999, na véspera do bug do milênio, recebe misteriosos áudios do futuro. Com uma Internet muito lenta, ele precisará encontrar uma forma de salvar a humanidade.

O baixo orçamento é notório em toda a produção. Partindo desse pressuposto, exigir que tenhamos em tela algo do nível de Hollywood é uma covardia. Então, todo o esforço da equipe de produção é louvável e pode ser uma chamada para que investidores injetem grana no cinema nacional. Ainda que com o nosso atual governo isso seja bastante difícil.

Referências

Sobre o filme, em geral, Contos do Amanhã é uma aventura adolescente, mas recheada de referências aos anos 1990, como internet discada, bandas grunges; bem como alusões claras a clássicos do gênero como Matrix, Blade Runner, Ghost in the Shell e Akira.

Embora tenha um roteiro confuso, que muitas vezes se enrola em suas próprias explicações, assim como atuações bem abaixo da média, o que é bem comum em produções independentes, Contos do Amanhã é recheado de ideias interessantes, com uma bela trilha sonora e tem a nobre missão de fortalecer o gênero no cinema brasileiro.

Obviamente, como diz o ditado, “de boas intenções o inferno está cheio”. Mas não é o caso e muito menos passada de pano (talvez um pouquinho só). Dê uma chance. O primeiro passo já foi dado. Agora é a vez do fã de ficção científica fazer a sua parte. Até porque Deus está morto, mas Jeferson voltará!

Onde assistir ao filme Contos do Amanhã?

A saber, o filme Contos do Amanhã estreia exclusivamente nos cinemas brasileiros em 9 de dezembro de 2021. Aliás, vai comprar algo na Amazon? Então apoie o ULTRAVERSO comprando pelo nosso link: https://amzn.to/3mj4gJa.

Trailer do filme Contos do Amanhã

Contos do Amanhã: elenco do filme

Bruno Barcelos
Duda Andreazza
Anderson Vieira
Fernanda Roggia
Bruno Krieger

Ficha Técnica

Título original do filme: Contos do Amanhã
Direção: Pedro de Lima Marques
Roteiro: Pedro de Lima Marques
País: Brasil
Duração: 85 minutos
Gênero: ficção científica
Ano de produção: 2020
Classificação: a definir

Wilson Spiler

Will, para os íntimos, é jornalista, fotógrafo (ou ao menos pensa que é) e brinca na seara do marketing. Diz que toca guitarra, mas sabe mesmo é levar um Legião Urbana no violão. Gosta de filmes “cult”, mas não dispensa um bom blockbuster de super-heróis. Finge que não é nerd.. só finge… Resumindo: um charlatão.
5
Créditos Galáticos

Créditos Galáticos: 5

Livros e Quadrinhos ‘Operação Obscura’ ‘Coração Marcado’ ‘Lua de Mel com a Minha Mãe’ ‘Bubble’ ‘Rumspringa’ SEC AWARDS 2022 A Megera Domada – Crítica do Filme