Fate: A Saga Winx | Boa trama e final em aberto

Fate: A Saga Winx | Boa trama e final em aberto

Criado pelo italiano Iginio Straffi, o desenho animado Winx Club a princípio destacou-se mundialmente com seu colorido de fadas e guerreiros pelo canal Nickelodeon, sendo, assim, o primeiro produto italiano desse tipo a ser vendido nos Estados Unidos e cujo sucesso lhe rendeu sucessivas temporadas, longas-metragens, peças de teatro, games e outras adaptações desde o seu lançamento em 2004.

Seria óbvio, então que fizesse parte dessa onda de adaptações em live action para animações de sucesso. E a Netflix conseguiu com êxito unir o criador Straffi ao showrunner Brian Young (Diários de um Vampiro) pra produzir uma série adolescente visando não o público infantil, mas os espectadores originais que cresceram assistindo o desenho.

Fate: A Saga Winx

Em Fate: A Saga Winx (Fate: The Winx Saga), a jovem Bloom (Abigail Cowen, de o Mundo Sombrio de Sabrina) chega à Escola de Fadas Alfea, no Outro Mundo, onde, em outras palavras, aprenderá a dominar seus poderes do fogo junto com suas colegas de suíte Stella (Hannah van der Westhuysen), Aisha (Precious Mustapha), Terra (Eliot Salt), Musa (Elisha Appelbaum), além de outras fadas e dos Especializados, guerreiros que lutam com aquelas contra o mal, personificado aqui pelas criaturas chamadas de Queimados.

Fate Saga Winx Netflix
Foto: Divulgação / Netflix

De início já se percebe, assim, que os produtores acertaram ao dar um tom mais sombrio à série, mas com um figurino devidamente aplicado a cada fada de acordo com seus poderes. Até mesmo a fotografia e cenários com tons mais escuros não deixam de mostrar que estamos em uma escola de adolescentes, mas em um mundo perigoso, onde barreiras mágicas são colocadas ao redor da escola para proteger dos perigos.

Inspiração

E mesmo com a clara inspiração em Harry Potter ao colocar, em suma, uma protagonista com uma origem misteriosa em um mundo maravilhoso, os roteiros conseguem, a princípio, evitar aquele deslumbramento infantil e explicam apenas pontualmente esse universo pra dar lugar a uma história de intriga e poder, em que até mesmo os inevitáveis diálogos de conflito entre adolescentes terminam no momento certo pra que a trama avance.

Fate Saga Winx Crítica
Foto: Jonathan Hession / Nefflix

Elenco

O elenco, apesar da substituição de personagens asiáticos e latinos por brancos – o chamado whitewashing –, a princípio defende bem seus papéis. Embora tivesse sido alvo da reclamação de alguns que já conheciam o desenho.  Mas tais mudanças parecem ter sido feitas visando maior coesão e interação entre os personagens. Afora isso, Cowen está muito bem com sua protagonista, assim como todos os outros em cena que variam desde os bonzinhos, tímidos e descolados até as falsianes e boys lixo.

Efeitos visuais

Os efeitos visuais, em suma, também não fazem feio e são aplicados sem exagero, com criaturas de design realmente assustador, mas que poderiam ser melhor utilizadas sem CGI em alguns momentos. Além de poderes que, a saber, são realmente interessantes em seu uso, especialmente o da luz na visão humana.

Por fim, ‘Fate: A Saga Winx’, da Netflix, termina administrando uma boa trama com enxutos seis episódios, bem como um gancho que, felizmente, não soa forçado, mas sugere um novo desafio para Bloom e suas amigas. Em outras palavras, que venha, então, a 2.ª Temporada.

Aliás, vai comprar algo na Amazon? Apoie o Ultraverso comprando pelo nosso link: https://amzn.to/3mj4gJa

Trailer Fate: A Saga Winx

YouTube video

Ficha Técnica

Título original: Fate: The Winx Saga
Temporada: 1
Episódios: 6
Data de estreia: sex, 22/01/21
Criação: Brian Young
Elenco: Abigail Cowen, Hannah van der Westhuysen, Precious Mustapha, Eliot Salt, Elisha Applebaum, Danny Griffin, Sadie Soverall, Freddie Thorp, Eva Birthistle, Robert James-Collier, Eve Best
Produção Executiva: Judy Counihan, Brian Young, Kris Thykier, Iginio Straffi
Onde assistir: Netflix
País: Itália, Reino Unido
Gênero: fantasia, aventura
Ano de produção: 2021
Classificação: 16 anos

8.0
saldo total
Créditos Intergaláticos: 8
1 user vote x 8.0
TAGS
Compartilhe


Leia também