CRÍTICA | ‘Jumanji: Bem-Vindo à Selva’ é um remake modernizado que vale o ingresso

CRÍTICA | ‘Jumanji: Bem-Vindo à Selva’ é um remake modernizado que vale o ingresso

Jumanji: Bem-Vindo à Selva é, surpreendentemente, um belo remake do filme lançado em 1996 com nosso ilustre Robin Willians, que se passa no mundo real em que é necessário passar em várias fases para conseguir chegar ao fim do jogo, sendo que, no meio dele, os personagens precisam da ajuda dos antigos jogadores a fim de terminar por completo e poderem finalizar o game, colocando suas vidas em risco.

LEIA OUTRAS CRÍTICAS DO BLAH CULTURAL

Nesse novo filme eles pegaram a mesma essência do antigo e o modernizaram, com a intenção de seguir o tempo. E a ideia foi muito bem implementada, sendo que a história se repete. Logo no começo do longa é achado o tabuleiro do Jumanji na praia e por aí dá-se início à partida.

A trama foca em quatro adolescentes que estudam na mesma escola, mas – como sempre – vivem em mundos diferentes dentro dela: o grupo é composto por um nerd, um jogador de futebol americano, uma excluída e a popular. Todos diferentes, mas por conta de alguns problemas de convivência na escola, acabam se encontrando na detenção. Aí é quando nossa história começa de fato. Eles são “sugados” para o jogo depois de escolherem seus personagens. Ninguém entende muito bem o que aconteceu e tentam descobrir o motivo de estarem lá.

Os personagens de Jumanji: Bem-Vindo à Selva foram bem adaptados para o filme. Foram escolhidas características que seriam opostas às deles na vida real. Dwayne “The Rock” Johnson como Dr. Smolder Bravestone, um cara grande tentando descobrir a sua força é hilário, já que no mundo real ele é um nerd magro e sem coragem alguma.

Claro que não somente ele tenta se descobrir como personagem, mas todos os outros têm suas respectivas habilidades para cada fase do jogo. Sendo assim, eles têm que trabalhar todos juntos para conseguirem sair do game. E como todo bom adventure, eles têm três vidas, sendo que, se zerarem, irão morrer tanto no jogo quanto na vida real. Algumas rixas dos adolescentes vem à tona, fazendo com que eles percam vida à toa.

O cenário é algo a parte: a filmagem no meio da selva é muito boa e realmente atrai o espectador porque parece que você está dentro de um jogo real. As animações dos animais também são surpreendentes.

A história de Jumanji: Bem-Vindo à Selva é envolvente, tem uma boa temática e fluidez, apesar de não ser um filme muito aprofundado em questão de história. Mas, mesmo assim, para a minha alegria, vale o ingresso do cinema.

::: TRAILER

https://youtu.be/PeByF9aBq_Y

::: FOTOS

::: FICHA TÉCNICA

Título original: Jumanji: Welcome to the jungle
Direção: Jake Kasdan
Elenco: Dwayne Johnson, Karen Gillan, Kevin Hart, Jack Black, Nick Jonas
Distribuição: Sony
Data de estreia: qui, 04/01/18
País: Estados Unidos
Gênero: ação
Ano de produção: 2017
Duração: 119 minutos
Classificação: 12 anos

TAGS
Compartilhe


Leia também