Cuphead

‘Cuphead – A Série’: jogo que encantou milhares vira animação

Matheus Soares

|

26 de fevereiro de 2022

Cuphead é simplesmente um dos clássicos mais cultuados do universo dos games. O jogo é claramente inspirado em desenhos animados dos anos 1930, principalmente da Disney e Looney Toones. Seja pelos traços exageradamente expressivos ou pela trilha sonora jazzistica. Por conta disso ele dá a impressão de ser muito antigo, porém ele foi lançado somente em 2017 para Xbox One e Microsoft Windows. Rapidamente ele conquistou uma legião de fãs e conquistou diversos prêmios, incluindo melhor jogo independente. E como tudo que faz sucesso alça vôos mais altos, a Netflix lança a animação ‘Cuphead – A série’.

Antes de mais nada é importante frias que a adaptação do jogo capturou apenas seus elementos, mas a história é diferente. Na animação, o público irá acompanhar aventuras da dupla. Seguindo por uma aventura sem uma trama principal propriamente dita, porém recheada com piadas e entretenimento.

Cuphead e o cancelamento

A animação que estreou no dia 18, já foi alvo de cancelamento religioso nas redes sociais. No inicial da trama, temos Xicrinho e Caneco indo a um parque chamado “Carna-mau”, e, por consequência, um deles acabam perdendo a alma para o diabo. Tendo isso em mente, já da para ter noção o porque o cancelamento religioso veio a galope. Somente pelo fato de ter a imagem de um “capeta” querendo roubar a alma dos protagonistas.

Contudo, a série não demonstra nenhum palavreado de baixo-calão ou sequer vestígio de violência. Logo nem a classificação indicativa pode ser usada de argumento para esse caso. Único motivo da tentativa de cancelamento é pela imagem do diabo em seus episódios. Porém surge o questionamento. Será que o cancelamento é pela figura do mal cristão ou pela mamadeira que aparece no segundo episódio?

Vale a pena assistir Cuphead da Netflix?

Primeiramente, a série é muito bem feita e traz claras referências a Disney da era de ouro. Incluindo ao próprio rato da marca. Porém é sempre bom deixar claro que a animação não segue uma linha lógica de acontecimento e tão pouco apresenta uma trama central.

No primeiro episódio somos apresnetado ao evento marco do jogo, que é a perda da alma de um dos personagens. Isso nos leva a crer que teremos uma história centrada e fechada neste tema. Porém, isso não acontece. Pode-se dizer que temos aqui um pouco de ‘Apenas um Show’ com diversos episódios soltos. Contudo, o diabo volta a aparecer em episódios pontuais, e com isso ajuda a desenvolver um boa dinâmica entre o diabo e os protagonistas

Mas se você pensa que isso atrapalha, está enganado. A série animada tem diversas piadas, bem como muitos personagens carismáticos e que completam bem o cenário. Outra situação importante é não esperar tantas referências diretas do jogo, porque ficou claro que isso não acontece. Como por exemplo, os chefes do jogo que acabam ficando no limbo das referências.

Enfim, Cuphead é o tipo de animação ser assistida em uma sentada, por dois simples motivos: são 12 episódios de 15 minutos e cada um deles te envolve de maneira única.

Onde assistir a Série Cuphead – A Série?

A saber, Cuphead – A série está disponível para os assinantes da NetflixAliás, vai comprar algo na Amazon? Então apoie o ULTRAVERSO comprando pelo nosso link: https://amzn.to/3mj4gJa.

Ficha Técnica

Título original do filme: The Cuphead – Show
Criação: Chad Moldenhauer
Estreia: sex, 18/02/2022
Duração: 12 episódios de 15 minutos
País: EUA
Gênero: infantil, aventura, comédia
Classificação: Livre

Matheus Soares

Math, para os chegados, historiador e escritor (pelo menos tenta). Quadrinhos, livros e filmes são sua paixão, mas passa longe de ser "cult" ou "cinéfilo". Todos saúdem a Matrix!
8
Créditos Intergaláticos

Créditos Galáticos: 8

Livros e Quadrinhos ‘Operação Obscura’ ‘Coração Marcado’ ‘Lua de Mel com a Minha Mãe’ ‘Bubble’ ‘Rumspringa’ SEC AWARDS 2022 A Megera Domada – Crítica do Filme