‘Especial de Natal Porta dos Fundos: A Primeira Tentação de Cristo’ | CRÍTICA

‘Especial de Natal Porta dos Fundos: A Primeira Tentação de Cristo’ | CRÍTICA

Jesus Cristo: A Missão.

“Que sem graça! Noé fez essa piada! Isso é antigo.”

Dentre todos os personagens reais ou não, nenhum foi tão sujeito à adoração e esculhambação quanto Jesus Cristo. Concebido sem pecado e destinado a propagar a Palavra de Deus, o Messias foi apresentado por uma estrela guia e celebrado por três reis magos, mas perseguido em seus curtos 33 anos de vida até sua crucificação no Monte Gólgota de Jerusalém, onde nasceu.

https://www.youtube.com/watch?v=PbcUgg98nrE&t=26s

Sempre lembrado durante o Natal, Jesus vira alvo mais uma vez na pele de Gregório Duvivier, no Especial de Natal Porta dos Fundos: A Primeira Tentação de Cristo, dirigido por Rodrigo Van der Put e roteirizado por Fábio Porchat, membro fundador da trupe que faz sucesso aqui e mundo afora com seus esquetes ágeis no YouTube e influenciando os programas de humor da TV aberta.

A trama

Lembrando as primeiras tramas bíblicas da Record, a produção adota um visual tosco para mostrar a festa surpresa de aniversário de Jesus. A saber, o festejo acontece justamente depois de quarenta dias no deserto ao lado de Orlando (Porchat), personagem provavelmente retirado do protagonista sexualmente ambíguo de Virgínia Wolf no livro Orlando: Uma Biografia.

Leia mais:

‘ARCTIC DOGS’ (NETFLIX) | CRÍTICA
‘PÁSSARO DO ORIENTE’ (NETFLIX) | CRÍTICA
‘KLAUS’ (NETFLIX) | CRÍTICA

Especial de Natal Porta dos Fundos - A Primeira Tentação de Cristo Netflix (1)

Assim, diante de um incompetente José (Rafael Portugal) e de uma Maria (Evelyn Castro) assediada por Deus (Antônio Tabet), o meninão de 30 anos de idade preferia cair no mundo com seu amiguinho. Todavia, tem que se resignar com sua árdua missão por vir.

Altos e baixos

Então, como qualquer esquete que dure mais que cinco minutos, esse especial tem seus altos e baixos, com piadas nem sempre inspiradas. Contudo, elas são salvas pelo elenco com anos de experiência e que sabe manter o timing sem deixar a peteca cair.

Outro destaque vai para o visual hipster do Deus canastrão de Tabet em contraponto ao quase mendigo José de Portugal. Perfeitos para formar a confusão na cabeça de quem só quer ser livre, leve e solto.

Cristo inconformado

Enfim, esse caldo todo vai desaguar em um final tão disparatado quanto seu início, com direito a uma luta à la Street Fighter entre Jesus e seu grande antagonista, e que faria mais sentido se fosse uma troca de tabefes. Mas A Primeira Tentação de Cristo termina antes de cansar e diverte por mostrar um Cristo que nem de longe é tão conformado quanto o da Record.

::: TRAILER

::: FICHA TÉCNICA

Título original: Especial de Natal Porta dos Fundos: A Primeira Tentação de Cristo
Direção: Rodrigo Van Der Put
Roteiro: Fábio Porchat
Elenco: Gregório Duvivier, Fábio Porchat, Antonio Tabet
Distribuição: Netflix
País: Brasil
Gênero: Comédia
Ano de produção: 2019
Duração: 46 minutos
Classificação: 18 anos

TAGS
Share This