Sim, É Tudo Verdade

Sim, É Tudo Verdade

Um dos festivais mais interessantes que temos no Brasil é o Festival Internacional de Documentários É Tudo Verdade. Toda uma gama de filmes desse gênero vindos do mundo inteiro. Pude ver alguns e devo deixar recomendações do mais algo grau de qualidade.

A primeira é Forman vs Forman. Nada mais nada menos do que a vida de Milos Forman, quase que contada por ele mesmo, pois a base do filme são depoimentos do próprio cineasta que dirigiu Um Estranho no Ninho, Amadeus, O Povo Contra Larry Flint, e outros clássicos. Ele levou dois Oscars. Porém, o que impressiona é ver como foi sua vida. E foi deveras cinematográfica.

Perdeu os pais para o regime nazista e ficou vagando por casas diversas. Sofreu sob a ditadura do regime comunista na Tchecoslováquia. Já nos Estados Unidos, ficou anos sem poder ver os filhos durante anos. Seu primeiro filme na América do Norte foi um grande fracasso, mas não desistiu. Seus depoimentos são muito engraçados, a autenticidade de Milos Forman já vale. As imagens de arquivo são pérolas.

Meu Querido Paralamas

Outra dica é Meu Querido Supermercado, sobre um… supermercado. Mas não é bem assim. Em verdade, é sobre pessoas. Os personagens que a diretora estreante Tali tem a sensibilidade de encontrar e perceber suas histórias.

Também tem Os Quatro Paralamas. Esse segue uma fórmula bem quadrada, mas tem como mérito mostrar um pouco do trajeto dessa banda tão importante para o Brasil: Os Paralamas do Sucesso.

A saber, a 25ª edição do É Tudo Verdade exibe de 23 de setembro a 4 de outubro, um total de 60 longas, médias e curtas-metragens em competição e hors-concours, de forma gratuita, em plataformas de streaming. No total, essa edição apresenta em sua seleção 91 títulos não-ficcionais.

Enfim, para conferir o festival: http://etudoverdade.com.br/br/home/

 

TAGS
Compartilhe


Leia também