Festival Mix Brasil 2020: confira TODOS os vencedores!

Festival Mix Brasil 2020: confira TODOS os vencedores!

O Festival Mix Brasil 2020 anunciou, neste domingo (22/11), os vencedores de sua 28ª edição numa cerimônia virtual realizada no canal do YouTube do evento. A saber, Valentina, de Cássio Pereira dos Santos, foi premiado duplamente como Melhor Filme. Tanto pelo júri quanto pelo público.  Aliás, o filme ainda recebeu prêmios de Melhor Interpretação, vencido pela atriz Thiessa Woinbackk; e de Melhor Roteiro, escrito pelo diretor do filme.

Por outro lado, Limiar, de  Coraci Ruiz, levou o prêmio de melhor direção; enquanto A Mordida, de Pedro Neves Marques foi escolhido pelo júri como o melhor curta-metragem; por fim, Mães  do Derick, de Dê Kelm, recebeu menção honrosa.

Eleitos pelo público

Além disso, o Festival Mix Brasil 2020 teve outros vencedores nesta 28ª edição, como os eleitos pelo público. Então, entre os filmes internacionais, o melhor Longa Internacional foi para Pequena Garota, de Sébastien Lifshitz (França); enquanto o Melhor Curta Internacional ficou para Cauda de Sereia, de Alba Barbé i Serra (Espanha). Já o Melhor Curta Nacional eleito pelo público foi Letícia, Monte Bonito, 04, de Julia Regis.

Teatro

Por fim, neste ano a parte teatral do Mix trouxe a primeira edição do Prêmio Dramática. A saber, seis textos inéditos, selecionados a partir de um edital, concorreram ao prêmio. O  Coelho de Ouro (Prêmio do Júri)  ficou para O Armário Normando, de Janaina Leite­. Por outro lado, o coelho de Prata (Prêmio do Público) foi para Rainha, de Guilherme Gonzalez.

Enfim, conheça todos os vencedores do Festival Mix Brasil 2020:

Coelho de Ouro – Prêmio do Júri da Mostra Competitiva Brasil

  • Melhor Curta-Metragem Brasileiro: A MORDIDA, de Pedro Neves Marques
  • Melhor Longa-Metragem Brasileiro: VALENTINA, de Cássio Pereira Dos Santos

INCENTIVO: O longa e o curta premiados com o Coelho de Ouro também receberão os prêmios DOTCINE, CTAV e MISTIKA de incentivo à realização de seus novos projetos audiovisuais através da parceria do Festival Mix Brasil com apoiadores da área cinematográfica.

Coelho de Prata – Prêmio do Júri da Mostra Competitiva Brasil para Curtas-metragens

  • Direção: Victor di Marco e Márcio Picoli, por O QUE PODE UM CORPO?
  • Roteiro: Matheus Farias e Enock Carvalho, por INABITÁVEL
  • Interpretação: Luciana Souza, por INABITÁVEL
  • Menção Honrosa: Castiel Vitorino Brasileiro, de INABITÁVEIS

Coelho de Prata – Prêmio do Júri da Mostra Competitiva Brasil para Longas-metragens

  • Direção: Coraci Ruiz, por LIMIAR
  • Roteiro: Cássio Pereira Dos Santos, por VALENTINA
  • Interpretação: Thiessa Woinbackk, por VALENTINA
  • Menção Honrosa: MÃES DO DERICK, de Dê Kelm

Coelho de Prata – Prêmio do Público

  • Curta-Metragem Nacional: LETÍCIA, MONTE BONITO, 04, de Julia Regis
  • Curta-Metragem Internacional: CAUDA DE SEREIA, de Alba Barbé i Serra (Espanha)
  • Longa-Metragem Nacional: VALENTINA, de Cássio Pereira Dos Santos
  • Longa-Metragem Internacional: PEQUENA GAROTA, de Sébastien Lifshitz (França)
  • Prêmio Canal Brasil de Curtas: INABITÁVEIS, de Anderson Bardot
  • Prêmio SescTV: O QUE PODE UM CORPO?, de Victor di Marco e Márcio Picoli
  • Bolsa Ateliê Bucareste: Julia Leite, pela fotografia de LETÍCIA, MONTE BONITO, 04

PRÊMIO DRAMÁTICA

Coelho de Ouro – Prêmio Dramática – Júri: O ARMÁRIO NORMANDO, de Janaina Leite­

  • Menção Honrosa: MINI-BIUs, BILs, BIOs, de Andreya Sá, Carlos Jordão
  • Coelho de Prata – Prêmio Dramática – Público: RAINHA, de Guilherme Gonzalez

PRÊMIOS ESPECIAIS

Prêmio Ícone Mix: Marcia Pantera

  • Mix Literário: CARTAS PARA LUÍSA, de Maria Freitas
  • Menção Honrosa: PANACEIA, de Cecília Floresta
  • Caio Fernando Abreu de Literatura: ALAGOAS AZUL, de Bruno Coelho
  • Suzy Capó: Wallie Ruy, pela peça WONDER! VEM PRA BARRA PESADA
  • Show do Gongo: LIPSYNC FOR YOUR LIFE, de Glauber Rodrigues
  • Prêmio Ida Feldman: Roberto Polastri
TAGS
Compartilhe


Leia também