O Mundo de Andy e a loucura de Jim Carrey

O Mundo de Andy e a loucura de Jim Carrey

Antes de mais nada é difícil de acreditar que ‘O Mundo de Andy’ (Man on the Moon, 1999) seja um fracasso de público. Segundo filme sério de Jim Carrey pós-estrelato, direção do excelente Miloš Forman, bem como um personagem maluco como Andy Kaufman é uma receita que não tinha como dar errado. Mas, em suma, a crítica abraçou e o público ignorou essa belíssima produção.

O Mundo de Andy

O filme conta a história do comediante Andy Kaufman, que atuou no humorístico Saturday Night Live e na sitcom Taxi. Com um humor muito peculiar, ele conquistou uma legião de fãs, assim como de detratores porque usava o escracho e insulto como principais armas. Dificilmente alguém sabia quando ele estava ou não seguindo um roteiro. Bem como também era difícil saber se ele estava falando sério ou não. Ao invés de fazer a plateia rir, Kaufman adorava rir dela e entregar sempre algo que ela não esperava. Muitos o consideravam um verdadeiro idiota, mas, por outro lado, outros o consideravam genial.

Kaufman tinha também um alter ego chamado Tony Clifton, um cantor de cassinos de Las Vegas quem assim como o humorista, amava insultar a plateia e era igualmente odiado por muitos e amado por outros.

Em O Mundo de Andy conhecemos também a outra personalidade de Kaufman que, por incrível que pareça, levava apenas uma coisa a sério em sua vida: a meditação transcendental. Para se ter uma ideia de como ele visto por seus parentes e amigos próximos, ninguém acreditou quando ele falou que estava com câncer de pulmão. Primeiro, porque todos sabiam que ele gostava desse tipo de ‘humor’. Segundo, porque ele não fumava. Mas, infelizmente, isso era verdade e foi ela que o matou precocemente, aos 35 anos de idade.

Polêmicas

As polêmicas de Kaufman são incontáveis. Desde confusões em sets de TV, brigas com colegas de elenco e insultos dos mais variados. Em determinada fase de sua vida, por exemplo, ele se apaixonou pela luta-livre e resolveu se aventurar no esporte. A saber, com uma condição. Lutando apenas contra mulheres. Suas visitas às regiões do interior do país eram recheadas de insultos às mulheres, bem como aos moradores locais.

Jim Carrey

A escolha não poderia ser melhor. Carrey captou todo o espírito transgressor de Kaufman e faz aqui a sua melhor atuação no cinema. Prova disso é o documentário que a Netflix lançou sobre esse trabalho. Jim & Andy: The Great Beyond – The Story of Jim Carrey & Andy Kaufman Featuring a Very Special, Contractually Obligated Mention of Tony Clifton. Sim, esse é o nome do filme. A saber, a Universal escondeu as filmagens de bastidores durante anos porque não queriam passar uma imagem negativa de Carrey. O estúdio tinha certeza que, ao assistir, o público ia o considerar extremamente babaca.

Ademais, é possível ver no vídeo abaixo como a atuação de Carrey era impressionante como Andy Kaufman.

Miloš Forman

Forman, que também já nos deixou, era o diretor certo para tocar o projeto. A saber, ele já trabalhou com ator de personalidade difícil (Jack Nicholson, em O Estranho no Ninho) e também fez a biografia do compositor Mozart, em Amadeus. Ambos os filmes lhe renderam a estatueta do Oscar de Melhor Diretor. Forman também é o responsável por outra biografia que conquistou a crítica, mas que o público infelizmente ignorou: ‘O Povo Contra Larry Flint’, que contava a vida de outra personalidade polêmica. Desta vez, o editor da famosa revista pornográfica, Hustler.

Por fim, O Mundo de Andy não apenas é uma bela biografia. Trata-se de um ótimo filme, com um personagem extremamente complicado, engraçado, divertido e muito emocionante. Imperdível.

Vai comprar algo na Amazon? Apoie o Ultraverso comprando através do nosso link:
https://bit.ly/ultraverso

Ficha técnica

Título original: Man on the Moon
Estreia: 7 de dezembro de 1999
Direção: Milos Forman
Roteiro: Scott Alexander, Larry Karaszewski
Elenco: Jim Carrey, Danny DeVito, Courtney Love, Paul Giamatti, Gerry Becker, Leslie Lyles, George Shapiro, Richard Belzer, Melanie Vesey, Michael Kelly, Vincent Schiavelli, Peter Bonerz, Michael Villani
Gênero: Comédia, biografia, drama.
Países: Reino Unido, Alemanha, Japão, Estados Unidos.
Idioma: Inglês
Indicação etária: 16 anos
Duração: 118 min.

9.0
saldo total
Créditos Galáticos: 9
Have no any user vote
Difícil saber quem é mais genial. Andy Kaufman ou Jim Carrey...
TAGS
Compartilhe


Leia também