Ghost in the Shell: Guerra Sustentável SAC_2045 crítica do filme onde assistir elenco data de estreia Netflix

Foto: Netflix / Divulgação

‘Ghost in the Shell: Guerra Sustentável’ é fraco e sem rumo

Matheus Soares

|

10 de maio de 2022

Lançado recentemente na Netflix, o filme animado Ghost in the Shell: SAC_2045 Guerra Sustentável (Kôkaku Kidôtai). O longa animado é uma compilação da 1ª temporada do anime de mesmo nome. O final da série não foi muito bem recebida, então a Netflix lançou essa produção, juntando e corrigindo algumas coisas. Mas se a correção é tão sem rumo assim, não quero nem imaginar a série.

A história se passa no ano de 2045, quando uma nova unidade de policiais especiais tem que lidar com uma ameaça: os pós-humanos, homens e mulheres melhorados ao extremo criados para ser uma nova raça de humanos, assim como liderar e acabar com a guerra que está rolando.

Leia também:

‘Quarentão’ tenta mostrar que tudo pode ter um lado bom

Lady Gaga divulga clipe de música para ‘Top Gun: Maverick’ com cenas inéditas do filme

‘A Caminho do Verão’ não é apenas uma produção para o público teen

Gênero Cyberpunk

O termo e conceito de cyberpunk vem a ganhar força de verdade com Blade Runner e Neuromancer. É um estilo que imagina um mundo distopico futurista. Contudo, o sistemas econômicos são confusos, com o capitalismo entrando em crise, entre várias outras coisas. Em Neuromancer, por exemplo, são empresas remanescentes que lideram os países.

Com esse plano de fundo, temos Ghost in The Shell, tanto o anime quanto seu spin-off, com foco maior no filme. O G4 (grupo das quatro mais poderosas nações do mundo) declarou guerras às indústrias. Daí vem o nome da produção. Com isso surgiram diversas guerras civis, até mesmo em países desenvolvidos.

Vale a pena?

Sinceramente? Não, nem mesmo para os fãs da franquia. Se a série animada se perdeu no caminho, o filme nem se acha. Começa com uma história, depois vai para os pós-humanos e, por fim, acaba em uma história de uma jovem que criou um sistema homicida. As tramas estão conectadas, mas o espectador tem que fazer um esforço absurdo para entender e, às vezes, nem fica tão claro assim.

Além disso, a animação parece uma cutscene de um jogo de PlayStation 2. Com muitas cenas travadas, Ghost in the Shell: SAC_2045 Guerra Sustentável se salva somente nas cenas de batalhas, que são de tirar o fôlego, principalmente as que envolvem algo cibernético.

Onde assistir ao filme Ghost in the Shell: SAC_2045 – Guerra Sustentável?

A saber, Ghost in the Shell: SAC_2045 Guerra Sustentável estreou nesta segunda-feira (9) no catálogo da NetflixAliás, vai comprar algo na Amazon? Então apoie o ULTRAVERSO comprando pelo nosso link: https://amzn.to/3mj4gJa.

Por fim, não deixe de acompanhar o UltraCast, o podcast do Ultraverso:

Trailer do filme Ghost in the Shell: SAC_2045 – Guerra Sustentável, da Netflix

Ghost in the Shell: SAC_2045 – Guerra Sustentável (Netflix): elenco do filme

Atsuko Tanaka
Osamu Saka
Akio Otsuka

Ficha Técnica (Ghost in the Shell: SAC_2045 – Guerra Sustentável)

Título original: Kôkaku Kidôtai
Roteiro: Kenji Kamiyama
Direção: Kenji Kamiyama e Shinji Aramaki
Duração: 120 minutos
País: Japão
Gênero: fantasia, cyberpunk e anime
Classificação: 18 anos

Matheus Soares

Math, para os chegados, historiador e escritor (pelo menos tenta). Quadrinhos, livros e filmes são sua paixão, mas passa longe de ser "cult" ou "cinéfilo". Todos saúdem a Matrix!
2

Créditos Galáticos: 2

Livros e Quadrinhos ‘Operação Obscura’ ‘Coração Marcado’ ‘Lua de Mel com a Minha Mãe’ ‘Bubble’ ‘Rumspringa’ SEC AWARDS 2022 A Megera Domada – Crítica do Filme