Literatura | ‘Caixinha de Surpresas’ discute manipulação de resultados em jogos da Copa

Literatura | ‘Caixinha de Surpresas’ discute manipulação de resultados em jogos da Copa

E se os resultados de jogos da Copa do Mundo de futebol não viessem de sorte e qualidade técnica dos jogadores? E se as partidas fossem definidas não pelas seleções e sim pelos apostadores? Estas e outras questões são tratadas no livro Caixinha de Surpresas,do jornalista paranaense Rulian Maftum.

Em plena realização da Copa do Mundo no Brasil, a narrativa questiona a credibilidade do maior evento esportivo mundial, utilizando fatos reais para construir uma trama eletrizante, que prende não somente os amantes do futebol, mas também os apreciadores de um bom romance.

Lançada pela Editora Multifoco, a obra Caixinha de Surpresas está disponível também na versão online. Clique aqui para fazer o download gratuito do livro digital. No mesmo endereço, a obra pode ser acessada na versão mobile, para tablets e smartfones.

O autor conta porque optou por disponibilizar a obra gratuitamente na internet. “Eu acho que as pessoas têm que ter acesso à cultura e os livros ainda são caros no Brasil. Além disso, precisamos nos adaptar às novas tecnologias e meu maior objetivo com esse trabalho é que as pessoas leiam, comentem e multipliquem o livro, por isso, a versão online é importante”, afirma.

O autor Rulian Martum

O autor Rulian Martum

Caixinha de Surpresas é uma ficção policial, que tem o futebol como pano de fundo. A obra discute a existência de organizações criminosas responsáveis pela manipulação de resultados de partidas em importantes campeonatos. O assunto, considerado tabu no meio esportivo, é exposto por Maftum por meio de fatos históricos do futebol mundial, que podem revelar indícios da ação de manipuladores de apostas.

Rulian Maftum espera que seu trabalho ajude a levantar discussões sobre as irregularidades levantadas na narrativa. “Estamos acostumados a ver o lado bom das coisas, mas existe muita sujeira por baixo dos panos e a própria FIFA já chegou a admitir que trabalha para coibir a ação de manipuladores de apostas. Espero contribuir com essa reflexão, para que o assunto ganhe a repercussão que merece.”

A trama começa com a morte repentina do cronista esportivo Martino Andreatto. O fato é o que motiva a investigação conduzida pelo personagem central da trama, o seu melhor amigo e jornalista policial Xavier Delabona. Ao contrário de Andreatto, Xavier não tem o mínimo interesse por futebol e se vê obrigado a procurar mais informações sobre o assunto, após descobrir que a morte do amigo pode não ter sido um trágico ataque fulminante, mas sim um assassinato, motivado por uma investigação envolvendo apostas no futebol e manipulação de resultados em jogos de Copas do Mundo.

O ritmo da narrativa e a amplitude que o tema escolhido proporciona abrem possibilidade para uma possível continuação. Maftum confirma que tem planos de dar seguimento ao trabalho.

 

Leia mais sobre Literatura em Blah Cultural!

 

TAGS
Compartilhe


Leia também