Ouça a nova música do Luxúria: ‘Claustrofóbico’!

Ouça a nova música do Luxúria: ‘Claustrofóbico’!

Finalmente, os fãs do Luxúria podem ficar felizes, afinal, a banda lançou, nesta sexta-feira, sua música nova depois de 12 anos! A saber, a banda retorna com integrantes e antigos parceiros da sua primeira formação para lançar um EP com três canções.

A inédita, “Claustrofóbico”, uma versão remasterizada de “Ódio” e um b-side que não entrou no primeiro disco, mas já é uma música querida por fãs que acompanhavam de perto o trabalho da banda.

Aliás, o primeiro single, “Claustrofóbico”, já está disponível para audição.

Música nova da Luxúria

A música – inspirada em uma relação abusiva – foi composta em parceria por Luciano Dragão e TuiaFábio Brasil (baterista da banda Detonautas) comandou a gravação da bateria; o arranjo foi de Felipe Scavone.

Por fim, o single foi mixado nos Estados Unidos, por Maurício Cersosimo, renomado produtor musical e engenheiro de mixagem que, para completar o clima nostálgico, foi também o produtor do disco de estreia da banda. Atualmente em Nova Iorque, Maurício já trabalhou com grandes nomes da música como Avril Lavigne, Sepultura, Skank e Emicida.

A nova música do Luxúria marca um reencontro que é pedido pelos fãs há bastante tempo. Com apenas um disco lançado – em 2006, pela Sony Music – e conhecido pelos sucessos “Ódio”, “Lama” e “Imperecível”,  o fim repentino da banda deixou o público com sede de um segundo álbum.

A formação atual conta com os primeiros integrantes da banda Luciano Dragão (baixo), Felipe Scavone (Guitarra), Beto Richieri (guitarra) e, nos vocais, Tuia, o compositor de “Cinderela Compulsiva”, música que escreveu dedicada à Megh Stock.

Para divulgar a nova música e os próximos lançamentos, a banda Luxúria está convocando os fãs para seu perfil oficial no Instagram.

A nova formação

A saber, a banda emitiu uma nota em sua página oficial do Facebook sobre a nova formação e a troca de vocal sem a presença feminina.

De acordo com a banda Luxúria, a troca de vocalista ocorreu porque “Megh seguiu seu coração e sua arte. Foi incrível ter uma artista tão talentosa e desejamos muitas felicidades em seu caminho”.

No entanto, a escolha pelo novo vocalista homem gerou alguma repercussão, já que muitos fãs esperavam por uma mulher nos vocais.

Contudo, segundo o grupo, a volta do Luxúria simplesmente aconteceu:

“Não foi planejada ou premeditada (…) Nós entendemos o quanto a representatividade feminina é importante, principalmente no rock (…) em tempos de pandemia, é completamente inviável sair à procura de novas integrantes, criar harmonia entre antigos e novos membros, construir uma nova relação entre eles, com, basicamente, quase todo o projeto sendo executado à distância”.

Confira a nota oficial divulgação:

https://www.facebook.com/bandaluxuria/photos/a.450063285037005/3333656516677653

TAGS
Compartilhe