dopesick minissérie crítica da série star plus

‘Dopesick’, uma minissérie atual e necessária

Jorge Feitosa

|

26 de novembro de 2021

Atendendo seus pacientes numa cidade das montanhas, o Dr. Samuel Finnix (Michael Keaton) é tanto um médico quanto um confidente, já que convive e até fez o parto de muitos daqueles que dependem da mineração de carvão em atividades insalubres e perigosas, nas quais o trabalho braçal e os acidentes são comuns e a dor, uma constante. Então, eis que bate em sua porta o representante de medicamentos Billy (Will Poulter) com um comprimido que promete ser quase um milagre.

Recém-lançada no Brasil pelo Star Plus, a minissérie Dopesick é uma adaptação do livro da jornalista Beth Macy sobre a crise no consumo de opióides, medicamentos inicialmente indicados para dores severas, mas que a Purdue Pharma, da milionária família Sackler conseguiu, por meio de um estudo nebuloso de seu Oxycontin, indicar para as mais comezinhas.

Marketing do mal

O resultado foi uma das maiores e mais avassaladoras epidemias da história americana, visto que a droga mostrou-se altamente viciante. Mas não pelo uso errado dos pacientes e sim por uma estratégia de marketing que mentia sobre os efeitos da droga, treinava vendedores de forma agressiva e cooptava médicos.

Enquanto isso, os efeitos nas pequenas comunidades se fazem sentir através do aumento da criminalidade e de mortes por overdose. O que atrai a agente Bridget (Rosario Dawson) e os procuradores Rick (Peter Sasgaard) e Randy (John Hoogenaker) a uma longa empreitada para levantar provas contra a Purdue Pharma e os Sackler, liderados pelo ambicioso Richard (Michael Stuhlbarg, formidável).

Ambição da indústria farmacêutica

Mas além da história interessante por si só e do elenco impecável, a produção do roteirista e showrunner Danny Strong (Empire: Fama e Poder e Jogos Vorazes: A Esperança) ainda costura uma narrativa abrangente não apenas pela investigação, como também ao mostrar as consequências da ambição da indústria farmacêutica no próprio tecido social através da jornada de Finnix e da mineradora Betsy (Kaitlyn Dever), cujas dores vão além das físicas.

E Dopesick, do Star Plus, apesar de um final um tanto arrastado, mas que ainda se salva pelo elenco, entra pra lista das produções necessárias pra se compreender melhor uma epidemia que já começou a se alastrar pra fora das fronteiras americanas.

Onde assistir à série Dopesick?

A saber, a minissérie Dopesick está disponível para assinantes do Star PlusAliás, vai comprar algo na Amazon? Então apoie o ULTRAVERSO comprando pelo nosso link: https://amzn.to/3mj4gJa.

Trailer da série Dopesick, do Star Plus

Dopesick: elenco da série (Star Plus)

Michael Keaton
Peter Sarsgaard
Michael Stuhlbarg
Will Poulter

Ficha Técnica

Título original da minissérie: Dopesick
Temporada: 1
Episódios: 10
Duração: de 42 a 47 minutos
Criação: Danny Strong
Direção: Michael Cuesta, Barry Levinson, Patricia Riggen e Danny Strong
Roteiro: Beth Macy, Benjamin Rubin, Danny Strong, Jessica Mecklenburg e Eoghan O’Donnell
País: Estados Unidos
Gênero: drama
Ano de produção: 2021
Classificação: 16 anos

Jorge Feitosa

@jorgefeitosalima
9
Créditos Galáticos

Créditos Galáticos: 9

Livros e Quadrinhos ‘Operação Obscura’ ‘Coração Marcado’ ‘Lua de Mel com a Minha Mãe’ ‘Bubble’ ‘Rumspringa’ SEC AWARDS 2022 A Megera Domada – Crítica do Filme