Noite de autógrafos de Martha Medeiros lota Livraria da Travessa

Noite de autógrafos de Martha Medeiros lota Livraria da Travessa

Uma fila quilométrica na Livraria da Travessa, ontem (10), chamou atenção de quem passava próximo ao local. Por curiosidade, descobri que o burburinho era uma sessão de autógrafos da escritora e colunista, Martha Medeiros. O evento foi para divulgação do seu mais livro de crônicas Simples Assim.
Acordou mal-humorado? Respire fundo, abra a janela e pense que no final do dia você encontrará seus amigos para um happy e dará boas gargalhadas. O carro quebrou no meio da rua? Sinalize e espere o guincho em segurança. O namoro está mais para morno? Chegou a hora de pôr um fim a relacionamentos que não levam a nada. Está achando a vida um marasmo, sempre fazendo as mesmas coisas, vendo as mesmas pessoas e não aguentando mais ver sua cara de cansaço no espelho? Dê uma guinada.
Simples assim.
Martha Medeiros, uma das maiores cronistas do país, não tem solução para seus problemas, mas, com seu olhar afiado, aponta essas pequenezas da vida que tanto trabalho nos dão e nos faz lembrar uma máxima muitas vezes esquecida: a vida está aí para ser vivida. Simples assim.
Com mais de 20 anos de carreira, escrevendo semanalmente para os jonais Zero Hora e O Globo, a escritora gaúcha já publicou 23 livros. Dizer o que pensa de forma tão profunda sobre os dilemas da vida, faz com que os leitores se identifiquem com suas crônicas, a principal causa do sucesso.
Muito simpática, deu atenção a todos que esperavam ansiosos na fila para prestigia-la. Como sou fã da escritora, aproveitei a oportunidade de conhecê-la, tirar foto e até fazer mini entrevista com duas perguntas.
O que te inspirou a escrever “Simples Assim”?
Na verdade, é uma coletânea de colunas publicadas nos jornais Zero Hora e O Globo. Fiz uma seleção das crônicas publicadas de 2013 até junho deste ano. Costumo fazer essas coletâneas de dois em dois anos para documentar o meu trabalho publicado em jornal.
Tem algum tema que ainda não escreveu por receio de causar polêmica?
Vinte anos escrevendo, já falei de tudo, mas a gente sempre tem uma visão renovada, o tempo vai passando e renovamos a visão dos mesmos assuntos.
Ficha técnica: 
Simples assim
Martha Medeiros
Gênero: Crônica , Literatura moderna brasileira
Editora: L&PM Editores
Páginas: 238
Leia mais sobre Literatura no Blah Cultural!

 

TAGS
Compartilhe


Leia também