QUEERLAND | Confira a lista de blocos queer no carnaval do RJ

QUEERLAND | Confira a lista de blocos queer no carnaval do RJ

A folia se aproxima e, mais do que nunca, diante desse cenário de retrocessos e de clima medieval, a comunidade tem mais que ir às ruas festejar. Esquecer um pouco dos absurdos e despautérios do governo atual e relaxar no mundo lúdico do carnaval com blocos queer no RJ.

Mas se você não é de carnaval, tudo bem! Curta a folga assistindo séries ou filmes no conforto do lar. Nós temos dicas de títulos queer aqui e aqui.

Hora de ajudar

Para dar uma ajudinha, foi feita uma relação de alguns blocos queer que irão rolar no RJ em meio a centenas de blocos. Segundo a Prefeitura, serão cerca de 7 milhões de foliões pulando e brincando pelas ruas até a quarta-feira de cinzas.

Sendo assim, com esse tanto de gente na rua, com os mais variados valores, algo pode sair do controle, podendo virar caso de assédio, importunação sexual e até mesmo violência. Por isso, tenha empatia! Se você encontrar alguma mulher sozinha, bem como alcoolizada ou perdida, tente ajudá-la! Não custa nada indicá-la onde fica o metrô mais próximo ou ir com ela até lá; ajude-a a procurar os amigos dela; peça um Uber ou táxi para ela.

Caso presencie uma situação muito violenta, chame reforços. Peça ajuda de alguém para separar o casal que está brigando, bem como alguém que está maltratando um homossexual ou uma pessoa trans. Chame as autoridades e use os canais de denúncia (Ligue 180 para as mulheres e Disque 100 para casos de LGBTfobia). Violência contra a mulher e LGBTs é crime!

Sexo seguro

Muito importante: segundo relatório divulgado no ano passado pela Unaids, programa das Nações Unidas sobre o HIV, o Brasil teve um aumento de 21% no número de infecções pelo vírus entre 2010 e 2018. Logo, use camisinha! Mas não só isso. Dê uma lidinha nas Diretrizes Nacionais de Prevenção Combinada em HIV/Aids.

Meninas que amam meninas também devem se cuidar. Clicando aqui você acessa uma cartilha de como fazer sexo seguro entre mulheres.No mais, o fervo promete! Só vai! E que seja um lindo carnaval pra todxs!

Confira abaixo a programação de blocos queer no RJ:

DIA 21/02 (SEXTA-FEIRA)

BLOCO CARMELITAS

Bloco Carmelitas

Foto: facebook

Bloco das Carmelitas saiu pela primeira vez no segundo semestre de 1990 para homenagear Laurinda Santos Lobo, socialite cuja casa abrigou as mais badaladas festas do Rio de Janeiro, no bairro de Santa Teresa, nas primeiras décadas do século XX. E por que o nome Carmelitas? Como Santa Teresa surgiu a partir da fundação do Convento das Carmelitas, os foliões e amantes do bairro deram o nome de Carmelitas ao bloco e criaram a lenda de que, todo ano, uma freira pula o muro do convento para brincar o carnaval na sexta e volta para a clausura na terça, virando tradição no bloco homens e mulheres vestirem hábitos de freira na cabeça, para que a “fujona” possa brincar em paz, sem ser facilmente reconhecida. Vá ajudar a freirinha se camuflar!

Horário: 15h

Local: Rua Dias de Barros – Santa Teresa

DIA 22/02 (SÁBADO)

BLOCO SAI, HÉTERO

bloco_sai_hetero

Foto: Facebook

O Bloco do Sai, Hétero nasceu de uma brincadeira de carnaval para responder o preconceito, trazendo liberdade de expressão a todxs em SP e desembarcou no Rio no carnaval de 2018. Os héteros são super bem-vindos, desde que mantenham o respeito com todxs.

Horário: 15h

Local: Quadra do Fala Meu Louro – Rua Waldemar Dutra – Santo Cristo

BLOCO URSAL

Foto: facebook

O bloco Ursal brinca com o imaginário coletivo e chama todxs pra se jogarem no tríplex que é a América Latina.  O termo foi criado em tom jocoso pela socióloga brasileira Maria Lúcia Victor Barbosa, em 2001, para ironizar as críticas feitas por políticos e intelectuais de esquerda à Área de Livre Comércio das Américas, liderada pelos Estados Unidos. E ressurgir durante o debate eleitoral de 2018 numa pergunta feita pelo candidato Cabo Daciolo ao candidato Ciro Gomes. E aí virou instantaneamente meme.

Horário: 15h às 18h

Local: Praça Cinelândia – Centro

AMIGOS DA ONÇA

amigos da onça

Foto: facebook

Amigos da Onça  surgiu a partir de uma geração de jovens foliões cariocas e a vontade de ocupar os espaços públicos com arte e irreverencia. Desde 2012, ele faz subversão musical e coreográfica que desperta em seus seguidores, fantasiados de animais, seus instintos selvagens. Seu repertório vai das marchinhas ao Axé baiano, passando por Mamonas Assassinas e por suas hilárias músicas autorais, no melhor estilo “gastação”.

Horário: 07h às 13h

Local: Aterro do Flamengo

NEW KIDS ON THE BLOCO

Foto: facebook

Esse é primeiro bloco boy band do país invade a folia com todos aqueles sucessos das boys bands e girls bands dos anos 90. Clássicos como “Everybody”, do Backstreet Boys, “Bye, Bye, Bye”, do NSync e “Step By Step”, do New Kids on the Block, até canções de grupos brasileiros Polegar e Dominó estão garantidos. Mas nem só de anos 90 vive o bloco e hits de artistas do universo pop como Maroon 5, Daft Punk, Bruno Mars, Kate Perry e Taylor Swift também fazem parte do repertório.

Horário: 13h às 19h

Local: Passeio Ernesto Nazareth – Santo Cristo

SAYMOS DO EGYTO

saymos do egyto

Foto: facebook

Esse bloco é feito por LGBTs para LGBTs, foi fundado no Rio de Janeiro em 31 de janeiro de 2018. A ideia inicial era unir amigos e fãs da temática egípcia e sair fantasiado em um bloco já existente na Praça Tiradentes no centro cidade. Essa identidade vem acompanhada com um repertório prioritariamente de músicas do carnaval de Salvador-BA como o Axé e o Samba baiano, juntando o com Funk e demais músicas brasileiras. Para haver uma diversificação neste repertório incluímos também os hits da música Pop.

Horário: 17h

Local: Passeio Ernesto Nazareth – Santo Cristo

BANDA DE IPANEMA

banda de ipanema

Foto: facebook

Ao fim da primeira metade da década de 60 o carnaval de rua na cidade do Rio de Janeiro apresentava claros sinais de declínio. As ruas da zona sul eram um silêncio, justamente quando o calendário, permissivo pela própria história, autorizava e chamava a alegria.  Foi aí que um grupo de amigos, com outros mais, igualmente pioneiros, reuniu-se para preparar o que seria o anteprojeto da banda que iria estrear, duas semanas antes do carnaval. Desde sua fundação, em 1965, até hoje, a banda desfila pelas ruas de Ipanema, levando alegria aos cariocas e aos inúmeros turistas que aqui chegam aos montes nessa época.

Horário: 17h às 21h

Local: R. Gomes Carneiro – Ipanema

BLOCO O REBU

o rebu

Foto: Paula Ferreira Fotografia

Esse é o bloco “das minas que beijam minas, das namoradas que tem namoradas, das fanchas, caminhoneiras, sapas e todas as tribos do brejo”.

Horário: 15h

Local: Arco do Teles – Centro

DIA 23/02 (DOMINGO)

TOCO-XONA

Foto: facebook

O Bloco Toco-Xona, fundado em 2007, é o primeiro bloco LGBTQ+ criado pela força da mulher sapatona. São 11 anos de folia trazendo a mágica do carnaval para os foliões que seguem o bloco. A diversidade do repertório traz desde as tradicionais marchinhas cariocas, passando pelos grandes hits do axé, até sucessos atuais da música brasileira, hits do pop internacional e estrelas do rock e pop como Madonna e Queen.

Horário: 8h às 13h

Local: Campo de terra batida do Parque do Flamengo

SEREIAS DA GUANABARA

sereias da guanabara

Foto: facebook

Sem banda e apenas com DJs, o bloco se especializa em “músicas molhadas” (ou que deixam os foliões assim), reunindo hits de Dorival Caymmi, Dona Onete ou Caetano Veloso. Fantasiado de sereias, peixes e outros temas marítimos, o público segue o cortejo sempre na maior animação.

Horário: acesse aqui

Local: acesse aqui

TRETA BLOCO

treta bloco

Foto: facebook

A Treta nasceu da parceria entre os produtores Guilherme Acrízio e Thiago Araujo em novembro de 2014. O evento acontece no Galeria Café, em Ipanema e caiu no gosto dos cariocas, virando ponto de encontro semanal e acabou virando bloco também.

Horário: 16h

Local: MAM – Museu de Arte Moderna

Ingresso: R$ 10,00

CORDÃO DO BOI TOLO

Foto: facebook

O já tradicional Cordão do Boi Tolo sai pelas ruas do centro sem carro de som, com músicos tocando marchinhas com instrumentos de sopro e percussão. Nem pense em ir sem estar fantasiado, pois esse é um dos grandes charmes do bloco. Quase 100% dos foliões desfila com fantasias caprichadas e bem-humoradas. Prepare-se para acordar cedo!

Horário: 7h

Local: centro nos arredores da praça XV

CORDÃO DO BOITATÁ

Foto: facebook

Há 23 anos, o Cordão do Boitatá desfila em cortejo com sua orquestra de quase 100 músicos sem carro de som pelas ruas do Centro da cidade, acompanhado por uma multidão. No domingo de carnaval, cerca de 60 mil pessoas se encontram na Praça Xv para um Baile Multicultural com quase 7 horas de duração.

Horário: 10h

Local: Largo do Paço – Centro

DIA 24/02 (SEGUNDA-FEIRA)

BLOCO ECLÉTICA

Foto: facebook

Irão colocar o bloco na rua pela quinta vez, resistindo com muito amor e good vibes.

Horário: 14h

Local: Rua do Mercado, Centro

BLOCO VIRTUAL

bloco virtual

Foto: facebook

O Bloco desfila no Leme e é formado por uma orquestra composta por mais de 50 sopros e percussionistas, além de dançarinos e pernas de pau. No repertório estão todos os ritmos dos mais diversos carnavais do Brasil, atendendo a toda nossa diversidade, desde o frevo e maracatu de Pernambuco até o samba e marchinhas cariocas passando pelo afoxé e olodum baiano, tudo apresentado com muita energia e alegria como deve ser o carnaval.

Horário: 9h

Local: Calçadão do Leme

BUNYTOS DE CORPO

bunytos de corpo

Foto: facebook

O Coletivo Bunytos de Corpo satiriza o culto ao corpo, desconstruindo arquétipos estéticos padronizados, nas suas performances encena de modo irreverente e criativo os rituais e coreografias de ginástica criando um espaço onde todos são “Bunytos”, independente de estatura e idade, celebrando a libertação do corpo.

Horário:  9h

Local: sem definição ainda

SARGENTO PIMENTA

sargento pimenta

Foto: facebook

Como o próprio nome sugere, o bloco mistura o som e a magia dos Beatles com os mais variados e contagiantes ritmos brasileiros, levando a cultura musical de nosso país ao encontro das letras e melodias mais admiradas do planeta.

Horário:  10h

Local: Aterro do Flamengo

DIA 25/02 (TERÇA-FEIRA)

FERVO DA LUD

Fervo da Lud

Foto: O Globo

O Fervo da Lud é uma festa criada pela cantora Ludmilla que assumiu publicamente o namoro com outra mulher em meados de 2019.  O bloco conta com a participação de vários artistas convidados, agitando as ruas do centro carioca. Com mais detalhes a serem confirmados, sabe-se que uma das atrações já confirmadas deste ano é a cantora Iza.

Horário: 9h às 14h

Local: Rua Primeiro de Março – Centro

CANDYBLOCO

Foto: facebook

O Candybloco vai colocar primeira vez o bloco na rua. Essa tribo queer promete ocupar o centro do Rio com seus corpos brilhosos somando muita música, diversão, respeito e amor.

Horário: 18h

Local: Centro

BLOCO CARMELITAS

Bloco Carmelitas

Foto: facebook

Bloco das Carmelitas saiu pela primeira vez no segundo semestre de 1990 para homenagear Laurinda Santos Lobo, socialite cuja casa abrigou as mais badaladas festas do Rio de Janeiro, no bairro de Santa Teresa, nas primeiras décadas do século XX. E por que o nome Carmelitas? Como Santa Teresa surgiu a partir da fundação do Convento das Carmelitas, os foliões e amantes do bairro deram o nome de Carmelitas ao bloco e criaram a lenda de que, todo ano, uma freira pula o muro do convento para brincar o carnaval na sexta e volta para a clausura na terça, virando tradição no bloco homens e mulheres vestirem hábitos de freira na cabeça, para que a “fujona” possa brincar em paz, sem ser facilmente reconhecida. Vá ajudar a freirinha se camuflar!

Horário:  10h às 14h

Local: Largo do Curvelo

BANDA DE IPANEMA

banda de ipanema

Foto: facebook

Ao fim da primeira metade da década de 60 o carnaval de rua na cidade do Rio de Janeiro apresentava claros sinais de declínio. As ruas da zona sul eram um silêncio, justamente quando o calendário, permissivo pela própria história, autorizava e chamava a alegria.  Foi aí que um grupo de amigos, com outros mais, igualmente pioneiros, reuniu-se para preparar o que seria o anteprojeto da banda que iria estrear, duas semanas antes do carnaval. Desde sua fundação, em 1965, até hoje, a banda desfila pelas ruas de Ipanema, levando alegria aos cariocas e aos inúmeros turistas que aqui chegam aos montes nessa época.

Horário:  17h às 21h

Local: R. Visc. de Pirajá, 61

ORQUESTRA VOADORA 

orquestra voadora

Foto: facebook

A Orquestra Voadora nasceu nas ruas do Rio de Janeiro e revolucionou o conceito de fanfarras no Brasil, introduzindo no universo carnavalesco ritmos pouco comuns aos cortejos, como jazz, afrobeat e música balcânica. O grupo vem há mais de 10 anos conquistando admiradores de todas as idades, em todos os territórios por onde passa.

Horário: 15h

Local: Concentração: Praça Luiz de Camões

DIA 26/02 (QUARTA-FEIRA)

AGYTOÊ

Foto: facebook

O Bloco surgiu em outubro de 2013. Formado da união entre a inquietude e o desejo de brincar o carnaval de rua, o grupo tem como proposito pesquisar, divulgar, reviver e recriar a cultura e a luta dos carnavais de blocos afro-baianos, desde sua gênese no samba-reggae dos anos 1970 e 80, até a sua transformação e explosão nos anos 90 com o axé music.

Horário:  8h às 13h

Local: Av. Graça Aranha – Centro

DIA 29/02 (SÁBADO)

BLOCO DAS PODEROSAS

bloco das poderosas

Foto: facebook

Bloco das Poderosas é um bloco carnavalesco criado pela cantora brasileira Anitta para o carnaval. Em 2016, o bloco foi lançado oficialmente no Rio de Janeiro durante o primeiro ensaio. Sua estreia oficial teve um público de 180 mil pessoas.

Horário:  8h às 12h

Local: R. Primeiro de Março – Centro

TAGS
Compartilhe


Leia também