Sala XPLUS UCI

Sala XPlus do UCI Cinemas é uma experiência e tanto!

Leandro Stenlånd

|

1 de maio de 2016

Estivemos ontem (30 de Abril) no UCI Park Shopping, que é localizado no Campo Grande Park Shopping, na cidade do Rio de Janeiro, para conferir de perto a famosa sala XPlus.

Nossa equipe recebeu um convite para conhecer de perto este projeto que já perambula no estado do Rio por exatos 3 anos. O XPlus nada mais é que uma sala de cinema onde o funcionamento do som numa sala de cinema inclui a nem tão ‘recém-criada’ tecnologia Dolby Atmos. Filmes mais recentes que dispõem de maior orçamento (como “Batman vs Superman: A Origem da Justiça”, “Capitão América: Guerra Civil”, “Interestelar”) construíram toda a sua mixagem de som com base na tecnologia Atmos. E, dessa forma, só têm seu trabalho sonoro plenamente reproduzido em salas de exibição capacitadas com tal tecnologia.

P1020904

Não é simples assimilar tamanha tecnologia, visto que a maioria das pessoas que vão ao cinema são totalmente leigas no assunto. O sistema Dolby Atmos é simplesmente fantástico, pois proporciona a você uma imersão de 360º 3D surround com seu áudio. Isso mesmo. Mas, para ser mais específico, a forma mais simples de explicar como funciona tamanha tecnologia está em um detalhe muito fácil: caixas de som no teto da sala. Isso mesmo, caixas de som ‘agarradas’ no teto da sala de cinema.

Leia mais:

CINÉPOLIS LANÇA COMBO DE ‘AVES DE RAPINA’: VEJA COMO TER O SEU!
TOY STORY: A HISTÓRIA DE UM DOS PRINCIPAIS FILMES DE ANIMAÇÃO
O QUE ESTÁ ESTÁ POR TRÁS DO SUCESSO DE FROZEN?

No Rio de Janeiro, atualmente, a única sala que comporta o sistema de som Atmos é no UCI Park Shopping do Campo Grande Park Shopping . A saber, a sala, denominada Xplus tem 322 lugares em sua total lotação (sendo alguns lugares específicos para portadores de deficiência e obesos). Uma vez que este que vos escreve é obeso, aproveitei, claro, para conferir também o conforto desta cadeira.

Sala UCI XPLUS

É uma cadeira que sobra muito espaço. Se estou no auge dos meus 132kg e sobrou espaço para mais uma pessoa sentar ao meu lado confortavelmente, consequentemente imagina-se que o obeso que esta cadeira suporta chegue próximo aos 200kg, o que é algo muito bom (do ponto de vista de espaço na cadeira). As poltronas são tão confortáveis que me senti em casa. Contudo, como são, aparentemente, de couro (ou corino), particularmente, eu prefiro aquelas feitas de um tecido mais macio do que rígido. Enfim, nada que possa ser um ponto negativo.

“Aniversário”

Voltando para o sistema Dolby Atmos, é coerente lembrar que, além da versão em 3D que é exibida em sua gigante tela, que passa a sensação de ser IMAX (mas não é), o espectador, em si, poderá conferir qualquer filme nesta telona da sala. Projeto próprio da UCI, a primeira sala XPlus no Brasil foi inaugurada em abril de 2013, no UCI Park Shopping Campo Grande, no Rio de Janeiro. Já a segunda foi em São Luis. Sendo assim, ontem (30 de abril), estaríamos praticamente fazendo uma resenha de seus 3 anos de existência.

Sala XPLUS UCI

Imagem x Som

No caso da sala Xplus, contudo, a razão Imagem x Som não é, aparentemente, tão proporcional assim. A magnitude do som Atmos às vezes parece não ser condizente com aquilo que promete, mais especificamente nos graves (que senti muita falta). Pode ser que, os graves estivessem no fundo da sala e como estávamos no início dela, o ‘punch’ acabou não sendo percebido, até por que o filme era legendado, logo todo seu poder sonoro original foi mostrado.

A altíssima resolução da projeção e a modernidade da sala como um todo, fazem do XPlus uma experiência estética válida, no geral; o alto nível sonoro, por exemplo, impossibilita (ou minimiza) que se escute as conversas paralelas na sala de cinema – o que, por si só, já é um ganho enorme, correto? No entanto, havia pessoas de tititi na sala. Contudo, graças a nosso bom Deus, não conseguia ouvi-las. Assim sendo, APLAUSOS para o sistema XPLUS mais uma vez.

20160425_104018

Sistema de ventilação e refrigeração

Mais um ponto positivo que somente senti na rede UCI (especificamente na sala XPLUS) foi a coerência no sistema de ventilação e refrigeração. Estava um frio siberiano do lado de fora do shopping (com aquela garoa paulistana) e, graças ao nosso bom Odin, o ambiente era mais climatizado que refrigerado, ou seja, não havia aquele ar congelante em suas pernas (sim, fui de bermuda com intuito de testar tudo).

Em resumo, a sala XPLUS é uma ‘nova’ forma de interação e entretenimento, fazendo com que aquele que está presente em sua dependência possa usufruir da máxima potência sonora. Como recomendação, acho que o XPLUS poderia ser adicionado a uma das salas IMAX, o que poderia resultar na nomenclatura XPLUS IMAX 3D Dolby ATMOS… 🙂

Leandro Stenlånd

Leandro não é jornalista, não é formado em nada disso, aliás em nada! Seu conhecimento é breve e de forma autodidata. Sim, é complicado entender essa forma abismal e nada formal de se viver. Talvez seja esse estilo BYRON de ser, sem ter medo de ser feliz da forma mais romântica possível! Ser libriano com ascendente em peixes não é nada fácil meus amigos! Nunca foi...nunca será!
Livros e Quadrinhos ‘Operação Obscura’ ‘Coração Marcado’ ‘Lua de Mel com a Minha Mãe’ ‘Bubble’ ‘Rumspringa’ SEC AWARDS 2022 A Megera Domada – Crítica do Filme