Stranger Things 4 Volume 1 crítica da série Trailer quarta temporada Netflix onde assistir elenco ficha técnica

Foto: Divulgação/Netflix

‘Stranger Things 4 volume 1’ aposta no terror e na grandiosidade

Danilo Firmino

|

27 de maio de 2022

Antes de mais nada, que ‘Stranger Things’ é uma das séries de maior sucesso comercial da história da Netflix não é novidade. Mesmo com o número de assinantes da vermelhinha despencando recentemente, a gigante do streaming apostou alto, investindo incríveis US$ 30 milhões de dólares por episódio. Como uma estratégia para manter o engajamento e o hype, a quarta temporada foi dividida em dois volumes, com o primeiro estreando dia 27 de maio e o segundo 1.º de julho.

Espere encontrar no volume 1 todos os elementos que cativaram os fãs mundo afora. Referências aos anos 80 com músicas, pôsteres, hobbies, Dungeons & Dragons, quadrinhos, dentre muitos outros, estão presentes a todo momento. É uma sessão de nostalgia que fica ainda mais deliciosa conforme você vai identificando as referências – jogadores de RPG de mesa e fãs de terror tem motivos de sobra para se deleitar com as sessões do jogo ocorridas na série e as claras inspirações de algumas cenas em filmes como ‘A Coisa’ e ‘A Hora do Pesadelo’ – a ideia de colocar o eterno Robert Englund (Freddy Krueger), interpretando alguém assombrado pelos seus pesadelos é uma homenagem genial!.

Assustadora e violenta

Crédito: Divulgação/Netflix

Falando em terror, a nova temporada pode ser considerada a mais assustadora e violenta da série. O Mundo Invertido se demonstra cada vez mais perigoso e ameaçador. Novos antagonistas humanos foram adicionados, evidenciando uma parcela da população que procura fazer justiça com as próprias mãos quando expostas a um grande perigo ou crime bárbaro em sua comunidade. A violência gráfica é uma grande surpresa, com sangue, fraturas, hematomas e cenas de tortura que talvez para um público casual, que procura uma diversão pipoca, possa incomodar. O vilão, batizado com o nome de um icônico antagonista de Dungeons & Dragons (Vecna) e com seu visual inspirado em uma criatura clássica do mesmo jogo, adiciona peso na trama e guarda um mistério que promete ser central para o entendimento de toda a série.

Se comparado com as três temporadas anteriores, a escala de poder e os feitos estão cada vez mais épicos. Esqueça os assuntos que envolvem apenas a pequena Hawkins, pois os personagens viajam para locais distantes dos EUA, demonstrando como a intenção é ampliar a escala da aventura. O elenco principal continua excelente. Agora adolescentes, a química entre Eleven (Millie Bob Brown), Mike (Finn Wolfhard), Dustin (Gaten Materazzo), Lucas (Caleb Mclaughlin), Will (Noah Scnhapp) e Max (Sadie Sink) permanece intacta. Ainda temos as tramas de romance que seguram e unem os personagens, mas no volume 1 o foco é o terror e a construção do ambiente grandioso que será exposto no volume 2.

Stranger Things 4 volume I
Crédito: Divulgação/Netflix

Pequenos problemas

Embora o saldo seja positivo, nem tudo são flores, pois algumas tramas soaram deslocadas ou superficiais. As cenas envolvendo Hooper (David Harbour) são, em suma, repetitivas e as de Joyce (Winona Ryder) e Murray (Brett Gelman) são, na melhor das hipóteses, um alívio cômico que tira o peso da situação perigosa que estão vivendo. Outros nomes importantes como o carismático Steve (Joe Keery) e Jonathan (Charlie Heaton) ainda não justificaram suas participações nessa temporada, embora aparentemente o primeiro seja uma peça muito importante no volume 2. Nancy Wheeler (Natalia Dyer) e Robin (Maya Hawke) fazem uma dupla engraçada, mas que pouco impactam no desenvolvimento da história. Seja pelo fato de ser apenas o volume 1 ou pela introdução de uma grande quantidade de novos personagens, os episódios, mesmo com mais de uma hora de duração, não deram conta de desenvolver todas as tramas apresentadas.

Clichês

Os clichês existem aos montes e, embora sejam recorrentes nas tramas dos anos 80, soam desgastados. Os personagens Eddie Munson (Joseph Quinn) e Argyle (Eduardo Franco) são estereótipos embaraçosos do nerd headbanger jogador de RPG e do maconheiro. O bullying que motiva uma série de reações de Eleven são constrangedores de tão óbvios. Mais irritante ainda são as facilitações do roteiro que se repetem à exaustão: personagem esquecendo mochila sem explicação plausível, pessoas aparecendo no momento certo e na hora certa, grupos se separando sem nenhum motivo razoável…tem de tudo. 

Crédito: Divulgação/Netflix

Entre os prós e contras, o volume 1 entrega, em suma, um ótimo resultado, repetindo fórmulas que foram um sucesso em temporadas anteriores e arriscando-se em um tom mais sombrio. Os clichês, estereótipos e conveniências do roteiro soam cansativos, mas nada que atrapalhe a diversão. Mesmo que o tamanho dos episódios seja grande o suficiente para cair na tentação do celular ou adiantar um pouco a velocidade do vídeo, isso ocorre poucas vezes, sendo o ritmo da série agradável. Resta saber se o volume 2 manterá a qualidade e irá entregar um resultado de acordo com a alta expectativa do público ou se a produção vai se perder na megalomania do “quanto maior, melhor”, abandonando elementos que tornaram Stranger Things um sucesso de crítica e audiência. Isso, só o tempo ou “O Sussurrado” podem dizer.

Onde assistir à série Stranger Things 4 volume 1?

A saber, Stranger Things 4 volume 1 está disponível para assinantes da Netflix a partir desta quarta (30).

Aliás, vai comprar algo na Amazon? Então apoie o ULTRAVERSO comprando pelo nosso link: https://amzn.to/3mj4gJa.

Por fim, não deixe de acompanhar o UltraCast, o podcast do Ultraverso:

https://app.orelo.cc/uA26
https://spoti.fi/3t8giu7

Trailer da série Stranger Things 4 volume 1, da Netflix

Stranger Things 4 volume 1 (Netflix): elenco da série

Winona Ryder
David Harbour
Finn Wolfhard
Millie Bobby Brown
Gaten Matarazzo
Caleb McLaughlin
Noah Schnapp
Sadie Sink
Natalia Dyer
Charlie Heaton
Joe Keery
Maya Hawke
Priah Ferguson
Joseph Quinn
Eduardo Franco
Robert Englund

Ficha Técnica

Título original: Stranger Things
Criação: Duffer Brothers (Matt Duffer, Ross Duffer)
Direção: Matt Duffer, Ross Duffer, Shawn Levy
Roteiro: Matt Duffer, Ross Duffer, Paul Dichter, Kate Trefry, Curtis Gwinn, Caitlin Schneiderhan
Temporada: 4 – volume 1
Episódios: 7
Duração: 75 minutos aproximadamente
País: Estados Unidos
Gênero: ação, aventura, drama, comédia, terror, ficção-científica
Ano: 2022
Classificação: 16 anos

Danilo Firmino

Danilo Firmino é mestre em história, entusiasta de filmes de terror, RPG e filosofia. Rubro-negro, não perde a chance de ir ao Maracanã mesmo com o Flamengo não merecendo. Apaixonado por metal, mas permite MPB e músicas anos 80/90 em sua vida - mas isso é segredo.
4

Créditos Galáticos: 4

Livros e Quadrinhos ‘Operação Obscura’ ‘Coração Marcado’ ‘Lua de Mel com a Minha Mãe’ ‘Bubble’ ‘Rumspringa’ SEC AWARDS 2022 A Megera Domada – Crítica do Filme