Tio Frank Uncle Frank filme crítica Amazon Prime Video

‘Tio Frank’, do Amazon Prime, e as relações entre passado e presente

Antonio Pinheiro

|

22 de dezembro de 2020

Com direção de Allan Ball, muito conhecido por dirigir diversos trabalhos, entre eles, Beleza Americana e um grande sucesso da HBO, True BloodTio Frank (Uncle Frank) teve estreia no Amazon Prime Video no dia 25 de Novembro de 2020. O filme conta um bom elenco, destacando as atuações de Paul Bettany, bem como Sophia Lillis, Peter MacDissi, entre outros atores.

Um passado que nunca foi superado

De cara, o espectador é apresentado com a história de Tio Frank (Paul Bettany), que, em 1973, é um professor de literatura bem-sucedido na sua profissão. Mas não goza do mesmo prestígio com a família, se destoando de todos em momentos que todos se reúnem.

Entre todos os olhares, um se destacava: o da sua sobrinha Beth Bledsoe (Sophia Lillis). Para ela, Frank era o exemplo de adulto ideal, sempre pronto a ouvir e prestar a atenção de tudo que ela falava.

Assim, no começo da trama, Beth se muda da cidade onde sua família morava, em uma zona rural dos Estados Unidos. Lá, ela vai estudar em Nova York, tudo aos olhos e o conhecimento do Tio Frank.

Uncle Frank Tio Frank filme crítica Amazon Prime Video

Uma nova e conturbada realidade

Então, ao chegar na cidade grande, a jovem tem uma série de surpresas e impactos. Entre elas, a descoberta do seu tio ser gay. Isso faz com que a jovem, de forma imediata, comece a entender determinadas atitudes do protagonista. Que vai de um homem reservado a “alugar” uma namorada para manter as aparências diante da sociedade e da sua família.

No desenrolar da trama, aparece o personagem Walid Wally (Peter Macdissi), que é o companheiro de muitos anos do protagonista. Aliás, ele é responsável por pequenas partes cômicas da história. Dessa forma, descobrimos que, assim como Frank, Walid também sofreu em sua adolescência represálias por sua condição sexual. Semelhança essa que uniu e deu força aos dois.

Em uma morte, uma nova vida

Entre vários traumas que Frank carregava, destaca-se o péssimo relacionamento que tinha com o seu pai, que fez ele fugir de casa para viver sua vida. Situação essa que jamais conseguiu reparar com o patriarca da família.

Então, no velório do seu pai, tudo que o protagonista temia aconteceu. Afinal, na leitura do testamento, não foi deixado nada para Frank. Apenas desaprovação pela vida que ele escolheu viver, relatos que deixaram o protagonista atordoado.

Pelo envolvimento da história, o espectador é presenteado com a aceitação de toda família sobre a condição sexual de Frank e Walid, dando destaque à mãe, que considera o genro como filho.

Assim como é discutido por grande parte da sociedade sobre a importância da aceitação, Tio Frank, do Amazon Prime Video, traz à tona a temática LGBTQIA+ explicitamente, mas de forma singela. Mostra a história que muitas pessoas passam ao esconder quem elas são. Enfim, é um filme tem tudo para prender o espectador, do início ao fim.

TRAILER

[youtube v=”QsNgR-dguhQ”]

FICHA TÉCNICA

Título original: Uncle Frank
Direção:
Alan Ball
Elenco:
Paul Bettany, Sophia Lillis, Peter Macdissi
Onde assistir: Amazon Prime Video
Data de estreia:
qua, 25/11/20
País: 
Estados Unidos
Gênero: 
drama
Ano de produção: 
2020
Duração: 
94 minutos
Classificação: 
16 anos

Antonio Pinheiro

Chamam de AC, de Antonio, filhão, príncipe, bebê de mamãe..., o importante que são a mesma pessoa. Jornalista de profissão, se sente melhor segurando uma câmera fotográfica e escrevendo pensamentos. Amante da “cozinha”, toca bateria e arranha um pouco no baixo, e também apronta na gastronomia. Sua paixão musical vai de Beatles até o infinito. Tenta ser gamer, mas não consegue. E diz que é corredor, só porque frequenta o Parque Madureira todo fim de tarde! Resumindo: é um Zé qualquer.
7
Créditos Galáticos

Créditos Galáticos: 7

Livros e Quadrinhos ‘Operação Obscura’ ‘Coração Marcado’ ‘Lua de Mel com a Minha Mãe’ ‘Bubble’ ‘Rumspringa’ SEC AWARDS 2022 A Megera Domada – Crítica do Filme