Wandavision: saiba quais são as referências das HQs

Wandavision: saiba quais são as referências das HQs

Com a chegada da série Wandavision no Disney+, os olhos dos espectadores mais atentos se voltam para as HQs da Casa das Ideias a fim de pescar todas as referências e easter eggs. Para tanto, organizamos abaixo um guia básico de leitura deste icônico casal dos quadrinhos da Marvel. Aliás, separamos toda sua cronologia e histórico de publicação no Brasil para que nada passe batido neste grande aquecimento.

Então vamos conhecer as referências que inspiram Wandavision?

Vingadores: Origens

WandaVision HQs

A primeira das referências para Wandavision é, certamente, Vingadores: Origens. A saber, Wanda Maximoff é raptada de seu país natal, Sérvia, e levada a Montanha Wundagore, base do vilão Alto Evolucionário. Durante sua infância, Wanda e seu irmão gêmeo, o velocista Pietro, acreditam que seus pais são o casal cigano Django e Marya Maximoff. O Alto Evolucionário, no entanto, supostamente teria abduzido os gêmeos quando eles eram bebês, feito experiências, e os devolvidos para a montanha, disfarçados como mutantes regulares.

Tanto a mutante escarlate quanto o androide criado por Ultron tiveram suas origens contadas tardiamente na série “Vingadores: Origens”. Sean McKeever traz em “Vingadores origens: Feiticeira Escarlate e Mercúrio”, a trajetória dos gêmeos filhos de magneto, explorando suas criações pelo casal de ciganos e toda sua jornada pelas maiores equipes da Marvel.

WandaVision HQs

Já Kyle Higgins, em “Vingadores Origens: Visão”, um novo olhar por trás da criação do sintozoide por Ultron, e como ele chegou na mansão dos Vingadores, até se tornar um deles. Até então, não há publicações destas histórias no Brasil.

A primeira aparição da Feiticeira Escarlate (X-Men #04)

WandaVision HQs

Ao aflorar seus poderes, Wanda acidentalmente ateia fogo numa vila e é atacada pelos moradores. Um deles a batizou como “uma bruxa escarlate”, que mais tarde se tornaria seu codinome. Entretanto, Magneto chegou ao local e resgatou Wanda dos moradores. Aliás, devido a este resgate, Wanda se sentiu em dívida com Magneto, disposta a servi-lo até que sua dívida fosse paga.

A estreia de Wanda Maximoff se deu logo na quarta revista dos mutantes, escrita e desenhada por ninguém menos que Stan Lee e Jack Kirby. Na trama, Magneto traz pela primeira vez sua icônica irmandade de mutantes, com nomes como Mercúrio, Groxo, Mestre mental, e claro, a Feiticeira Escarlate (que apesar do nome, na capa vinha com uma roupa verde).

Esta história está na Biblioteca Histórica dos X-men Vol. 1; na Coleção histórica dos X-men Vol. 1; ou na edição capa vermelha da coleção Salvat Nº 34 (Feiticeira Escarlate)

Mutante e vingadora (Vingadores #16 a #30)

 

Logo nas primeiras edições dos Vingadores, o líder Capitão América toma a polêmica decisão de dar uma segunda chance para os vilões redimidos: Mercúrio, Gavião Arqueiro e Feiticeira Escarlate. Assim, os irmãos mutantes deixam de ser acólitos de Magneto, neste momento preso pelo Dr. Estranho, e se unem ao supergrupo da editora, onde caíram logo nas graças do público.

A história encontra-se publicada nos extras da edição de Vingadores: A Queda.

Contemple… O Visão (Vingadores #57 e #58)

WandaVision HQs

Com o passar do tempo, Mercúrio acaba voltando a ser influenciado por Magneto (Vingadores #53) e Wanda deixa os Vingadores para aprimorar seus poderes. Entretanto, é nesta época que surge o androide Visão, uma criação do vilão robótico Ultron para destruir os Vingadores.

Roy Thomas e John Buscema trazem o super sintozoide que irá mudar para sempre a história dos vingadores, e logo no início, exploram toda sua origem, lealdade e sentimentos em um arco clássico da editora.

Por fim, a história pode ser encontrada nos encadernados Visão (Salvat vermelha Vol. 17) ou em Nascimento de Ultron (Salvat preta Vol. 12).

Finalmente, o encontro dos dois personagens (Vingadores #75)

WandaVision HQs

Eis que finalmente Mercúrio e Feiticeira Escarlate voltam a integrar o time dos vingadores, na época ainda comandado por Thomas e Buscema. Tendo Visão sendo membro fixo da equipe, este seria o ponto crucial de sua história, em seu primeiro encontro com Wanda. Com o passar das edições e a adição de Steve Englehart nos roteirios, a feiticeira escarlate veio aos poucos sendo melhor desenvolvida, e um relacionamento com Visão foi aplicado por serem os únicos solteiros do grupo.

A história foi publicada no Brasil somente em heróis da TV Nº 41.

Visão e Feiticeira Escarlate (Minissérie de 1982 em 4 edições)

Talvez uma das histórias que mais servirá de base para a série do casal. Aqui temos Wanda e Visão se aposentando dos Vingadores e se mudando para uma casa no subúrbio da Leonia. Lá, enfrentarão Samhain, a essência do Halloween, e terão de lidar com alguns fantasmas do passado da Feiticeira Escarlate. Ao fim da história, Wanda e Pietro descobrem ser filhos de Magneto.

A saber, a história está sendo publicada recentemente pela panini com o título de: Visão e Feiticeira Escarlate: Dia das Bruxas, sobre o selo Marvel Vintage. Além disso, a edição contém ainda a icônica Giant-Size Vingadores #4, com o casamento de Visão e Wanda.

Visão e Feiticeira Escarlate Vol. 2 (Minissérie de 1985 em 12 edições)

Novamente decidindo deixar os vingadores e se retirar na Leonia, o casal acaba enfrentando novas aventuras e optando por formar uma família. É aqui que a feiticeira Escarlate opta por distorcer a realidade para que possa engravidar de Visão, gerando os gêmeos Tommy e Billy.
O pré-natal e o parto é acompanhado pelo Dr. Estranho, e a princípio termina com um final feliz e esperançoso para o casal. Até então, o título segue sem publicação no Brasil.

Agatha Harkness, Vingadores da Costa Oeste e a Busca por Visão

Nas edições #42 a #46 da revista Vingadores da Costa Oeste (grupo paralelo ao dos maiores heróis da Marvel, do qual Feiticeira Escarlate e Visão fizeram parte), Visão tenta se conectar a todos os computadores do mundo para forçar a paz, e acaba sendo capturado e desmontado pelo governo norte-americano. Assim surge uma versão branca, sem emoções ou memórias do Visão. Wanda então inicia uma jornada de Busca pelo Visão (Vingadores da Costa Oeste #42 a #50), que foi publicada na vol. 2 da série Os Maiores Clássicos dos Vingadores, e na coleção de capa vermelha da Salvat nº 34 (Feiticeira Escarlate).

Assim entra na vida de Wanda a feiticeira Agatha Harkness. Sendo apresentada ao universo Marvel como a babá de Franklyn Richards, a bruxa milenar acaba se tornando a mestra dos poderes de Wanda, e é a responsável para que esta perceba que seus filhos na verdade surgiram da energia de Mephisto, que os absorve. O casamento da mutante escarlate com Visão não passava de um plano do vilão Immortus para que esta nunca tivesse filhos, visto que ela estes teriam poder para abalar as fundações do universo.

Com a perda do marido e a descoberta que os filhos não existiam de verdade, Wanda acaba pela primeira vez se tornando uma grande e perigosa vilão do universo Marvel, durante o arco Mais sóbrio que o Escarlate (Vingadores da Costa Oeste Vol.2 #51 e #62). Para evitar um surto ainda maior, Agatha apaga a existência dos bebês de sua memória. Pelo menos, por enquanto.

Vingadores, A Queda (Vingadores #500 a 503)

Wandavision hq's

A morte do Valete de copas, ataques de Ultron, Tony voltando ao alcoolismo e até mesmo a morte d homem-formiga Scott Lang e de Visão (rasgado ao meio pela Mulher-Hulk) marcam o pior dia da super equipe. O surto psíquico de Wanda causado pelo retorno da lembrança de seus filhos acaba alterando a realidade em um nível máximo de sua magia do caos.

A história que moldou os rumos dos vingadores para sempre, fecha com a mutante sendo levada para Genosha, onde será cuidada e julgada pelo Professor Xavier. A história foi publicada no Brasil pela panini na coleção Marvel Deluxe, e pela Salvat na coleção de capa preta nº 34.

 

Dinastia M (minissérie em 8 edições)

Essa é uma das grandes referências para a série Wandavision. Peter Parker está casado com Gwen Stacy em Nova York; O Doutor Estranho agora é um psicólogo, e Steve Rogers é um veterano idoso. Assim encontramos o novo mundo criado por Wanda para que ela possa viver feliz com seus filhos, e escapar de uma iminente morte pressuposta pelo Professor Xavier.

A casa de M, governada por Magneto e seus dois filhos, acaba sendo confrontada e vencida, fazendo com que Wanda volte o mundo a ser o que era. No entanto, a frase “chega de mutantes” faz com que 90% dos geneticamente alterados desapareçam da terra, e parem de nascer, tornando a Feiticeira Escarlate a inimiga número 1 dos mutantes.

Este arco foi publicado pela panini no selo Marvel Deluxe e pela salvat na edição de capas pretas nº 40.

Cruzada das Crianças (minissérie em 9 edições)

Após os eventos da Dinastia M e de acabar com grande parte da população mutante, Wanda é encontrada reclusa e aparentemente sem memória na montanha Wundagore. Enquanto isto, o jovem vingador Wiccano acaba despertando poderes mágicos semelhantes ao da feiticeira, e passa a acreditar que ele e seu irmão Célere podem ser filhos de Wanda. Sendo assim, após grandes desavenças, batalhas e viagens no tempo, a grande revelação ao fim é de que Wanda fez o que fez por controle do Doutor Destino. No entanto, a mesma acaba negando os convites para retornar aos vingadores ou a irmandade de mutantes, e parte em sua jornada solitária de redenção.

Ademais, a história acabou ganhando grandes holofotes ao ser taxada como conteúdo impróprio na bienal do Rio de Janeiro. No Brasil a publicação é se dá pela coleção de capas pretas da salvat nº 66.

Após a cruzada das crianças Wanda deixou de ser uma grande ameaça para o universo Marvel. No entanto, apontada como uma falsa mutante, visto que na verdade seria uma humana que recebeu poderes do Alto Revolucionário, Wanda ajudou a treinar Hope Summers em Vingadores vs. X-men, foi morta e revivida em Fabulosos Vingadores, e em uma jornada de vingança contra o Dr. Destino na saga EIXO, acabou por descobrir que Magneto não é seu verdadeiro pai. Contudo, atualmente ela é buscada pelos mutantes como uma farsa e ameaça da raça superior.

Visão, de Tom King

A HQ Visão, de Tom King, é também uma das maiores referências para Wandavision. A busca por humanidade de Visão atinge seu ápice nesta premiada minissérie de Tom King. Os conflitos entre emoções e memórias fazem com que o vingador crie para si uma família sintezoide, com esposa, e dois filhos gêmeos.

Os dramas da vizinhança e as ligações com o Alto Evolucionário, Agatha Harkness e demais, fazem com que esta história, apesar de não ter o protagonismo de Wanda Maximoff, feche toda essa jornada entre a feiticeira escarlate e o Visão com grande primor. Aliás, sem muitos detalhes, é algo que merece a leitura, e que vem pronta para a adaptação ao áudio visual. Ademais, a HQ foi originalmente publicada pela panini comics em dois encadernados.

Contudo, esta experiência familiar acabou dando um senso de humanidade finita ao visão, que, após uma luta com o Hulk no arco Desejo Moribundo, teve seu nano-core danificado e optou por não ser reconstruído desta vez.

Ufa, foram quase 60 anos de histórias. E você? O que espera da nova série da Marvel? Quais ligações acha que terá com o segundo filme do Dr. Estranho?

TAGS
Compartilhe


Leia também